Museu de Artes Decorativas apresenta exposição sobre Giovanni Pico della Mirandola

Cartaz-A4A vida e obra de Giovanni Pico della Mirandola é o tema da exposição patente no Museu de Artes Decorativas, da Fundação Ricardo Espírito Santo, até 22 de setembro.

A mostra assinala o 550º aniversário do nascimento do filósofo renascentista, reunindo parte de uma das mais notáveis bibliotecas da época.

Organizada a partir da coleção do Professor Pina Martins, atualmente património do Banco Espírito Santo, a exposição inclui ainda os estudos publicados por este desde 1963 e retratos a óleo e gravados representando o pensador e uma valiosa carta náutica do séc. XVII.

Giovanni Pico della Mirandola (1463-1494) distinguiu-se por obras essenciais ao pensamento humanista tais como A Dignidade do Homem ou Apologia. Os seus estudos e áreas de interesse foram do mais diverso, indo da filosofia à astrologia, passando pela cultura hebraica e árabe. Treze das teses do pensador foram consideradas heréticas, o que levou à destruição de diversos livros e à perseguição por parte da Inquisição.

Comissariada por Margarida Cunha, a exposição estará patente no Museu de Artes Decorativas Portuguesas, às Portas do Sol,  até 22 de setembro de 2013, todos os dias (excepto à terça-feira) entre as 10h00 e as 17h00. O bilhete custa quatro euros.

Texto de Alexandra Gil

Deixar uma resposta