Museu da Cidade em Lisboa recebe mostra Camera Obscura – Lisboa, Menina e Moça

O Museu da Cidade, no Campo Grande em Lisboa apresenta uma nova exposição de fotografia Camera Obscura – Lisboa, Menina e Moça. Este é um projeto desenvolvido por Lisa Moura ainda enquanto estudava; agora é licenciada em Design de Comunicação pela Faculdade de Belas-Artes de Lisboa.

Lisa Moura, de vinte e dois anos de idade enviava convites nas redes sociais para visitar casas de pessoas que tivessem uma vista sobre Lisboa; depois tirava as fotografias através do processo de camera obscura, ou seja, o encerramento de quartos de todas as fontes de luz, deixando apenas um furo através do qual se projeta, por meio da luz, todo o exterior nas paredes, teto, chão do quarto.

A exposição é composta por cerca de vinte e cinco fotografias resultante das vinte e duas experiências realizadas em Lisboa e dá destaque à cidade assim como às pessoas que nela vivem, nas suas casas. Poder-se-ão apreciar fotografias tiradas em diferentes bairros nomeadamente no Chiado, Lapa, Estefânia, Ajuda, Costa do Castelo, Marquês de Pombal, Parque das Nações, Campo Grande, Picoas, Bica, São Bento, Bairro de Palma, Anjos, Avenidas Novas, Rato, Santos, Portas do Sol e Alfama.

Será ainda lançada uma publicação homónima em formato zine, e a cada local e experiência é dada uma visão e interpretação muito próprias.

Camera Obscura – Lisboa, Menina e Moça estará patente ao público até ao dia 31 de outubro na Sala do Destaque e a entrada é livre. O horário do museu é de terça-feira a domingo das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Texto de Joana Resende

Deixar uma resposta