Museu Colecção Berardo apresenta exposição MappaMundi

Mappamundi é a mais recente exposição patente ao público no Museu Colecção Berardo, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, com curadoria de Guillaume Monsaingeon.

Mappamundi é uma viagem ao mundo da cartografia, através do olhar de 43 artistas contemporâneos. Cada artista traz-nos uma visão diferente do mundo, da sua divisão e da forma como os países estão distribuídos e alinhados.

“Um mapa é uma representação gráfica de parte da superfície terrestre”. A cartografia pretende representar a tridimensão do mundo em apenas duas dimensões. Cada artista tem um toque diferente do contemporâneo e da modernidade, tendo como ponto de partida o mesmo, ou seja, a cartografia do séc. XVI a partir da qual criaram uma realidade paralela.

Os artistas presentes são: Noriko Ambe (Japão), Lars Arrhenius (Suécia), Neal Beggs (Irlanda do Norte), Alighiero e Boetti (Turim), Daniel Chust Peters ( Brasil), Angela Detanico (Brasil), Rafael Lain (Brasil), Paola di Bello ( Itália), Peter Fend (E.U.A.), Jochen Gerner (França), Catharina Van Eetvelde (Bélgica), David Renaud (França), Guillermo Kuitca (Argentina), Luigi Ghirri (Itália), Michelangelo Pistoletto (Itália), Marco Godinho (Portugal), Hong Hão (China), Miguel Palma (Portugal), entre outros.

Acompanha a mostra um catálogo, com textos do comissário, Guillaume Monsaingeon e do geógrafo, Franco Farinelli, onde estão reproduzidos alguns dos trabalhos dos 43 artistas presentes.

A entrada é gratuita e o museu está aberto todos os dias, das 10h00 às 19h00, e ao sábado até às 22h00.

Texto de Clara Inácio

1 Comentário

Deixar uma resposta