Museu Coleção Berardo promove mesa-redonda sob o mote Arte e Memória Coletiva

O Museu Coleção Berardo, em Belém, promove uma Mesa-redonda sob o tema Arte e Memória Coletiva no próximo dia 22 de janeiro, com a participação de Ângela Ferreira, David Santos, Irene Pimentel, Mariana Pinto dos Santos e Pedro Lapa.

Com a modernidade, as práticas artísticas visuais preteriram o recurso a uma função mnemónica como forma particular de estruturar uma experiência coletiva. A história, a narrativa, o documento e o comentário tornaram-se formas proscritas. Recentemente, muitos artistas têm vindo a reclamar para o objeto artístico uma dimensão mnemónica, contra a sua instrumentalização mercantil, para que este possibilite formas diferentes da experiência e da própria subjetividade.

A mesa redonda realiza-se no âmbito da exposição Da solidão do lugar a um horizonte de memórias, patente no Museu Coleção Berardo até 28 de abril de 2013. A entrada é livre, sem marcação prévia.

Texto de Clara Inácio

Deixar uma resposta