Museu-Biblioteca Condes de Castro Guimarães destaca obras de Domenico Pellegrini

2013_DMUS_PECA_DESTAQUE_BANNERO Museu-Biblioteca Condes de Castro Guimarães, em Cascais, destaca as obras de Domenico Pellegrini, pintor veneziano (1759-1840), onde pode apreciar a sua mestria nos Retratos dos Condes de Subserra.

Além de apreciar estas obras pode ainda aprofundar conhecimentos sobre as mesmas, com  informação detalhada sobre as obras e o contexto histórico-cultural em que foram produzidas, no âmbito das palestras que terão lugar hoje e no dia 22 de Fevereiro, sempre às 17h30.

As pinturas foram realizadas no início do século XIX, as obras em destaque retratam os futuros condes de Subserra, o General Manuel Inácio Martins Pamplona Corte Real (1760-1832) e sua mulher, D. Isabel Antónia do Carmo de Roxas e Lemos Carvalho e Menezes (1779-1856), acompanhada de uma filha do seu primeiro casamento, Maria Mância, nascida em maio de 1805.

Exilados politicos e diplomatas em tempos difíceis

Assinalando os 68 anos da libertação de Varsóvia – 17 de Janeiro de 1945 – a Câmara Municipal de Cascais e a Embaixada da República da Polónia em Lisboa apresentam, no próximo dia 19 de Janeiro, às 15h30, no Espaço Memória dos Exílios, no Estoril, a publicação “Exilados, Políticos e Diplomatas em Tempos Difíceis”. Neste mesmo dia será ainda exibido o documentário “Varsóvia não esquecerá”, que retrata a realidade vivida nos dos anos 1939 – 1945 naquela cidade polaca.

A edição deste livro surge na sequência da exposição “Exilados, Políticos e Diplomatas em Tempos Difíceis”, em 2011, no Estoril, da responsabilidade da Embaixada da República da Polónia em Lisboa em parceria com a Câmara Municipal de Cascais. Do livro fazem ainda parte dados relativos ao Estoril em tempo de guerra.

Texto de Clara Inácio

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.