Museu-Biblioteca Condes de Castro Guimarães destaca obras de Domenico Pellegrini

2013_DMUS_PECA_DESTAQUE_BANNERO Museu-Biblioteca Condes de Castro Guimarães, em Cascais, destaca as obras de Domenico Pellegrini, pintor veneziano (1759-1840), onde pode apreciar a sua mestria nos Retratos dos Condes de Subserra.

Além de apreciar estas obras pode ainda aprofundar conhecimentos sobre as mesmas, com  informação detalhada sobre as obras e o contexto histórico-cultural em que foram produzidas, no âmbito das palestras que terão lugar hoje e no dia 22 de Fevereiro, sempre às 17h30.

As pinturas foram realizadas no início do século XIX, as obras em destaque retratam os futuros condes de Subserra, o General Manuel Inácio Martins Pamplona Corte Real (1760-1832) e sua mulher, D. Isabel Antónia do Carmo de Roxas e Lemos Carvalho e Menezes (1779-1856), acompanhada de uma filha do seu primeiro casamento, Maria Mância, nascida em maio de 1805.

Exilados politicos e diplomatas em tempos difíceis

Assinalando os 68 anos da libertação de Varsóvia – 17 de Janeiro de 1945 – a Câmara Municipal de Cascais e a Embaixada da República da Polónia em Lisboa apresentam, no próximo dia 19 de Janeiro, às 15h30, no Espaço Memória dos Exílios, no Estoril, a publicação “Exilados, Políticos e Diplomatas em Tempos Difíceis”. Neste mesmo dia será ainda exibido o documentário “Varsóvia não esquecerá”, que retrata a realidade vivida nos dos anos 1939 – 1945 naquela cidade polaca.

A edição deste livro surge na sequência da exposição “Exilados, Políticos e Diplomatas em Tempos Difíceis”, em 2011, no Estoril, da responsabilidade da Embaixada da República da Polónia em Lisboa em parceria com a Câmara Municipal de Cascais. Do livro fazem ainda parte dados relativos ao Estoril em tempo de guerra.

Texto de Clara Inácio

Deixar uma resposta