MED Loulé Divulgou As Primeiras Confirmações

Ana Moura, Rodrigo Leão, Fábia Rebordão, Marta Ren, o projeto luso-angolano Throes + The Shine, Rachid Taha (Argélia), Fanfare Ciocarlia (Roménia), BNegão (Brasil), Tout-Puissant Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou (Benin), Canzoniere Grecanico Salentino (Itália), Akua Naru (Estados Unidos) e Mayra Andradde (Cabo Verde) são os primeiros nomes anunciados da 14ª edição do MED Loulé, que vai decorrer na Zona Histórica da cidade algarvia, nos dias 29 e 30 de junho e 1 e 2 de julho.

O festival que já faz parte da programação do verão louletano e é reconhecido internacionalmente entre os festivais de música dedicados à world music como um dos mais importantes.

Para além dos concertos o festival, que anima o Centro Histórico durante quatro dias, tem ainda Gastronomia, Artesanato, Artes plásticas, teatro, animação de rua, cinema, poesia, literatura, e muita animação, inclusive para famílias e para os mais pequenos (o Med Kids).

Este ano a animação musical vai estar distribuída ao longo de oito palcos, por onde vão passar mais de 250 músicos, 55 bandas de 20 nacionalidades diferentes, com mais de 75 horas de música.

Do Benin vêm os Tout-Puissant Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou, que traz os ritmo do Afrobeat, funk, soukous e outros estilos baseados nos ritmos vodun. Do Brasil chega o BNegão (vocalista da banda de rap Planet Hemtura hip-hop, rap, reaggae, rock e funk brasileiro, aliado a letras com uma forte crítica social.

Da Roménia apresentam-se os Fanfare Ciocarlia, e ainda o franco-argelino Rachid Taha, que nos traz a música da Argélia; de Itália vêm os Canzoniere Grecanico Salentino, grupo de folclore tradicional de Salento.

Estão também confirmados Akua Naru que vem apresentar o disco The Miner’s Canary, e a norte americana Lauryn Hill & The Roots.

De Cabo Verde chega a tão apreciada Mayra Andrade; e os ritmos do rockuduro chegam pelos luso-angolanos Throes + The Shine. Ainda em português estão já confirmadas as presenças de Fábia Rebordão, Marta Ren, Rodrigo Leão e da sensual Ana Moura, uma das artistas que mais se destacam na nova geração de artistas e do fado.

Os bilhetes já podem ser adquiridos online, e custam 12 euros o diário e 30 euros o passe para o festival.

Deixar uma resposta