Marta Pereira Da Costa Em Digressão Em Nome Próprio

Marta Pereira da Costa e a sua guitarra portuguesa apresentam-se ao vivo em nome próprio em Portugal no próximo dia 11 de março em Faro, a 7 de abril em Carnaxide e a 31 de maio, no Teatro Tivoli, em Lisboa. Para o outono está também planeada uma digressão com locais e datas a anunciar.

Nesta digressão pelos palcos nacionais, onde vai dar a conhecer e interpretar temas do seu mais recente trabalho Marta Pereira Da Costa, onde combina Fado, Jazz, Música Portuguesa e World Music, e no qual participam nomes como Camané, Dulce Pontes, Rui Veloso, Pedro Jóia, o baixista de jazz camaronês Richard Bona e a cantora iraniana Tara Tiba, Marta começa a sul no Teatro Lethes, em Faro, a 11 de março, pelas 20h30, onde depois do concerto se segue uma sessão de autógrafos.

Em palco, a artista vais estar acompanhada por contrabaixo, guitarra clássica, piano, percussão, acordeão e voz de fado.

No dia 7 de abril, pelas 21h30, é possível assistir a novo concerto, desta vez inserido no novo festival As Guitarras Soam Em Oeirascom o saxofonista Ricardo Toscano, no Auditório Municipal Ruy de Carvalho, em Carnaxide.

O ponto alto desta digressão vai decorrer no dia 31 de maio, no Teatro Tivoli em Lisboa, pelas 21h30.

Sobre este concerto, onde vai contar com alguns convidados, que também participaram no disco, incluem-se os nomes de João Frade – acordeão, Pedro Jóia – guitarra, Dulce Pontes – voz e piano (e com quem Marta tem atuado nos últimos tempos, na digressão de Dulce Pontes),  Rui Veloso – voz e Guitarra, Tara Tiba – voz, e Hélder Moutinho – voz. Para além de António Pinto – guitarra clássica, Nelson Cascais – contrabaixo e baixo, Alexandre Dinis – piano / PAD, André Sousa Machado – percussão e José Quaresma – voz e viola de fado.

Sobre este concerto, Marta Pereira da Costa revela que: “Este concerto de dia 31 de maio, no Teatro Tivoli BBVA, que estou a preparar, vai ser único. Espero contar com vocês nesta aventura, onde apresentarei ao vivo os temas do meu primeiro disco e não só. Haverá lugar para novas sonoridades, “tradição e inovação lado a lado”, como alguém já disse. Para isso contarei ainda com os meus amigos e convidados especiais, que muito me têm apoiado neste desafio que é ser Mulher Guitarrista, nomeadamente Dulce Pontes, Rui Veloso, Tara Tiba, Pedro Jóia e Helder Moutinho, entre outros. Seremos nós, vocês e a nossa guitarra portuguesa”.

Os bilhetes para os concertos estão à venda online, e nas bilheteiras dos respetivos teatros e outros locais habituais e custam para Faro 12,50 euros (para Lisboa são colocados à venda segunda feira).

A digressão continuará no outono em locais e datas a anunciar.

Deixar uma resposta