Maria Teresa Horta vence Prémio Literário Dom Dinis

As Luzes de Leonor retrata a vida da marquesa de Alorna, Leonor de Almeida Portugal de Lorena e Lencastre (1750-1859), neta dos marqueses de Távora, uma mulher que se destacou na História de Portugal, no denominado “Século das Luzes”.

Maria Teresa Horta nasceu em Lisboa, em 1937, tem mais de 20 títulos publicados e é neta em quinto grau da marquesa que brilhou na época do Iluminismo. Formou-se na Faculdade de Letras e foi jornalista e crítica literária. Foi condecorada pelo Presidente da República com o grau de Grande Oficial da Ordem do Infante Dom Henrique, em 2004.

A obra As Luzes de Leonor editada em 2011 pela Dom Quixote, reuniu o consenso do júri constituído por Vasco Graça Moura, Nuno Júdice e Fernando Pinto do Amaral e foi distinguido com um prémio no valor de 7.500 euros .

O Prémio Literário Dom Dinis é atribuído anualmente pela Fundação Casa de Mateus, desde 1980, a uma obra literária de ficção, ensaio ou poesia e ao longo dos últimos anos já foram distinguidos escritores como Manuel Alegre, Agustina Bessa-Luís e Sophia de Mello Breyner Andresen.

Texto de Clara Inácio

 

Deixar uma resposta