Mamã de Andrés Muschietti foi o vencedor do Fantas 2013

2-MamãMamã de Andrés Muschietti, com produção de Guillermo del Toro, foi o filme vencedor do Fantasporto 2012. A película que teve honras de abertura do Festival com a presença dos irmãos Muschietti, revelou-se o grande vencedor desta edição, já que arrecadou o Grande Prémio Fantasporto 2013 assim como os prémios de Melhor Realização e Melhor Atriz, com Jessica Chastain.

Quanto à Semana dos Realizadores, que atribui o Prémio Manoel de Oliveira, premiou dois autores, o russo Karen Shakhanazarov com White Tiger, que arrecadou os Prémios Especial do Júri, Melhor Realizador e Melhor Ator. E o sul-coreano Kim Kiduk com Pietá que levou para casa os prémios de Melhor Filme e Melhor Atriz. Outro sul-coreano ganhou o prémio na Secção oficial Orient Express com The Grand Heist de Kim Joo-Ho.

De destacar também o Prémio Especial do Júri que foi atribuído à produção galega O Apóstolo, que conta com banda sonora de Philip Glass.

No Prémio da Crítica foi escolhido The Seasoning House realizado por Paul Hyett, que conta uma história de terror baseada em factos reais que aconteceram durante a guerra da Bósnia, onde jovens eram torturadas para satisfazer os baixos instintos dos militares.

Quanto ao Prémio do Público, foi atribuído ao cinema norueguês com Thale de Aleksandre Nordaas, inspirado numa lenda da mitologia nórdica.

1-fantasporto-2013-1000pxRGB_prumma

De realçar ainda o Prémio Carreira deste ano que foi atribuído a um dos grandes vultos do cinema português, António de Macedo, autor de uma impressionante carreira que vai da literatura ao cinema, da televisão ao associativismo cinematográfico.

Nesta edição do Fantasporto, além dos prémios, foi de realçar a sessão especial dedicada aos setenta anos de estreia do mítico Aniki Bóbó que culminou com a homenagem ao realizador português, Manoel de Oliveira, e da protagonista feminina, Fernanda Matos.

A organização do Fantasporto aponta para números provisórios de espetadores na ordem dos cerca de quarenta mil em sala. Receberam cerca de trezentos convidados, dos quais cento e vinte estrangeiros, tendo sido realizadas cento e setenta e cinco sessões com cerca de trezentos filmes provenientes de trinta e sete países.

A 33ª edição do fantas decorreu entre 25 de fevereiro e 10 de março no Teatro Rivoli no Porto e voltou a encerrar com o tradicional baile dos vampiros.

Texto de Joana Resende

Deixar uma resposta