Malaposta Apresenta A Princesa Aborrecida

É já este fim de semana que a A Princesa Aborrecida sobe ao palco do Centro Cultural da Malaposta.

Num reino muito afastado vivia uma Princesa que estava sempre aborrecida.Apesar dos esforços de sua mãe, a Princesa Beatriz nunca sorria…”Ai Beatriz, Beatriz porque nunca sorris!”.A Rainha, preocupada, anunciou a todo o reino que daria uma grande recompensa a quem conseguisse animar a Princesa. Foram muitos os que, prontamente, começaram a pensar numa maneira de levar a alegria ao Palácio Real. Acompanhamos a chegada de uma cozinheira experiente, as tentativas do melhor joalheiro da região e os arranjos de um Alfaiate vaidoso e do seu ajudante trapalhão! Tudo foi em vão! Nada parecia alegrar a Princesa.Certo dia entrou no Palácio Real uma menina aventureira, mais ou menos com a mesma idade da Princesa Beatriz, acabada de chegar de uma aldeia longínqua – a aldeia da música.
Foi com esta chegada que tudo mudou…Quem nos conta o caso curioso da Princesa Beatriz é Sebastião, o simpático guarda do Palácio Real.

Uma peça muito divertida, que nos fala sobre a força da amizade e nos remete para os amigos de infância, da autoria de Alice Medeiros, que também encena e interpreta juntamente com Elisabete Pedreira, Mafalda Jara, Marco Trindade e Susana Gomes e Miguel Rebelo.

A Princesa Aborrecida pode ser vista aos sábados (às 16h00) e domingos (às 11h00) até 26 de março, na Malaposta, em Olival Basto. É para maiores de 3 anos e tem a duração de 50 minutos. Os bilhetes estão à venda no local e custam 6 euros.

Deixar uma resposta