Malaposta apresenta em Setembro solos de dança contemporânea

Tem início hoje, 10 de Setembro, o V Festival de Solos de Dança Contemporânea no Centro Cultural da Malaposta, em Olival Basto. A iniciativa que decorre até 25 de Setembro, às sextas e sábados, às 21h30, tem como principal objectivo a divulgação de criadores nacionais e internacionais com peças coreográficas individuais, tendo o solo como forma de apresentação, assim como também visa o desenvolvimento do bailarino enquanto único intérprete.

O Festival incide sobre o trabalho desenvolvido na área da dança contemporânea, podendo contemplar no entanto projectos pluridisciplinares, oferecendo ao público a possibilidade de conhecer a dança contemporânea nacional e internacional, bem como “provocar um ponto de encontro entre público e artista onde a divulgação, discussão, intercâmbio e participação darão um acesso mais fácil a esta forma de expressão artística”, adianta a organização em comunicado.

Hoje, pelas 21h30, Alexandrina Nogueira apresenta “Dancing with Myself” e Bruno Rodrigues apresenta a interpretação da sua coreografia de “Espelho – Mirror”. Para sábado, 11 de Setembro, à mesma hora, a proposta é uma coreografia interpretada por Bibiana Figueiredo a que chamou “Arrozterra” e no mesmo dia pode ser apreciada uma coreografia de Elad Schechter, com interpretação e co-criação de Coralie Ladam. “Multi Blanchet” é um solo criado no Jerusalem Foundation and Sala-Manca Group El-Dan House, Ein Karem, Jerusalem.

Sempre com início agendado para as 21h30, o evento decorre às sextas e sábados, até 25 de Setembro, no Auditório do Centro Cultural da Malaposta.

Cada espectáculo tem cerca de 75 minutos de duração e os bilhetes têm um preço de 10 euros.

Texto de Cristina Alves

Deixar uma resposta