Lisbon Week regressa no final de Setembro

lisbon_weekRealiza-se, entre 21 e 28 de setembro a segunda edição do Lisbon Week. Durante uma semana, de sábado a sábado, lisboetas e visitantes são convidados a (re)descobrir a cidade das sete colinas através de um cartaz que sugere encontros únicos entre as artes e o património, do alto do Parque Eduardo VII ao Tejo.

Produzida pela Câmara Municipal de Lisboa, com o patrocínio oficial da Caixa Geral de Depósitos, o Lisbon Week irá explorar edifícios seculares, desvendar obras de artistas portugueses, oferecer concertos e palestras em locais fora do comum e convidar à degustação de tesouros gastronómicos, abordando várias temáticas e refletindo uma nova perspetiva da capital.

Com epicentro da Rua das Portas de Santo Antão, a iniciativa propõe diferentes percursos. O Verde percorrerá o Corredor Verde de Monsanto, com início no Jardim Amália, no coração do Parque Eduardo VII e fim no Parque do Calhau, em Monsanto. Durante o percurso, serão levadas a cabo atividades de sensibilização ambiental, que passarão, por exemplo, pelas hortas urbanas e pelas quintas ecológicas. Estas visitas estão agendadas para todos os dias do evento, às 9h30 e às 14h30.

Já a arte terá uma viagem feita no autocarro Lisbon Week/CGD, começando na interseção entre o Parque Eduardo VII e o Marquês de Pombal. Neste passeio será possível apreciar a exposição itinerante I’ll be your mirror, totalmente desenhada por Delfim Sardo que acolherá obras de artistas nacionais como Fernanda Fragateiro ou José Pedro Croft em alguns dos edifícios mais emblemáticos da cidade. A rota terá cinco partidas diárias, entre as 9h30 e as 17h30, com intervalo de duas horas.

As visitas históricas, por seu turno, prometem desvendar os mistérios da Rua das Portas de Santo Antão e zonas limítrofes, partindo do Lounge Lisbon Week/CGD. O local, no Largo de São Domingos, será o ponto de encontro oficial do evento, tendo ainda uma vertente lúdica e de interação entre organizadores e visitantes. Sarmento de Matos é o responsável por este tour histórico, que irá passar por locais simbólicos como o Palácio da Independência ou a Sociedade de Geografia.

O passeio gastronómico tem a assinatura de José Bento dos Santos e propõe um percurso que arranca na Rua de São José e segue até ao Terreiro do Paço, passando pela Rua das Portas de Santo Antão. Em colaboração com a Lisboa à Prova, o Lisbon Week sugere um roteiro onde marcam presença os melhores e mais tradicionais acepipes alfacinhas. Junto ao Cais do Sodré estará a Estação dos Petiscos, onde será possível provar, numa mesa corrida, petiscos de comer e chorar por mais.

O cartaz musical terá como base a Lisboa boémia dos anos 20 e o jazz como ponto de partida. A cargo de Carlos Martins, a programação incluirá momentos que cruzam o jazz e o fado com outros sons contemporâneos. Da agenda, ainda a anunciar, fazem parte concertos da Orquestra Metropolitana de Lisboa.

A pensar no intercâmbio de culturas, o Lisbon Week vai dar acesso a algumas embaixadas, entre as quais as de Espanha, China ou Marrocos e convidar os visitantes a descobrirem estes e outros países numa programação coordenada pelo embaixador Fernando Neves.

Tal como sucedeu o ano passado, a maioria dos eventos é de entrada livre. Já as reservas para as visitas guiadas, concertos e palestras poderão ser feitas, a partir de 15 de julho no site da iniciativa.

Texto de Alexandra Gil

Deixar uma resposta