Lisboa recebe pela primeira vez a Noite de Literatura Europeia

noiteliteraturaeuropeiaNo dia 24 de maio de 2013 realiza-se em Lisboa, a Noite de Literatura Europeia. A iniciativa começou em Praga em 2008, e visa divulgar a literatura europeia de um modo criativo e num formato invulgar.

A primeira realização em Lisboa resulta de uma colaboração conjunta dos institutos culturais que integram a rede EUNIC Portuga (British Council, Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, Goethe-Institut, Institut Français du Portugal, Instituto Cervantes, Instituto Cultural Romeno, Instituto Ibero-Americano da Finlândia e Instituto Italiano de Cultura). Oito locais emblemáticos entre o Chiado e o Rato dão a conhecer obras de oito escritores europeus contemporâneos.

O itinerário proposto pela organização para esta primeira Noite de Literatura Europeia em Lisboa engloba oito paragens literárias, onde será possível assistir a leituras de obras de oito escritores de renome que marcam a atualidade da literatura europeia. As leituras terão lugar entre as 18h30 e as 22h30 e contam, na sua maioria, com a presença dos respetivos autores. Os textos serão lidos em língua original pelos autores presentes e na tradução em português por atores profissionais e alunos da Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC).

Todas as sessões têm entrada gratuita e uma duração de 15 minutos, repetindo-se cada meia hora para que o público tenha oportunidade de visitar os outros locais do percurso literário delineado para esta noite.

Itália estará representada por Massimo Gramellini  no Museu Mãe d’Agua das Amoreiras a convite do Instituto Italiano de Cultura. Portugal, por sua vez, estará representado pelo escritor, ilustrador e músico Afonso Cruz e terá lugar na Galeria Zé dos Bois.

A Alemanha e o Goethe-Institut elegeu Wolfgang Herrndorf e as leituras serão feitas pelo a bordo do eléctrico nº 28, entre o Largo Camões e o Jardim da Estrela. Já o Museu da Farmácia será palco das leituras de Carme Riera  a convite do Instituto Cervantes, em representação da literatura de Espanha.

O Institut Français du Portugal e França convidaram Mathias Énard para estar presente no Convento dos Cardais. Rosa Liksom foi a autora escolhida pelo Instituto Ibero-Americano da Finlândia e o local de encontro será no Quartel do Carmo.

O Centro Nacional de Cultura acolhe as leituras de Keith Ridgway  autor irlandês escolhido pelo British Council e Inglaterra e o Instituto Cultural Romeno elegeu o Orpheu Caffé como cenário das leituras de poemas de Lucian Vasilescu.

Texto de Sandra Dias

Deixar uma resposta