Lisboa e o Dubai ligados pela companhia aérea Emirates desde ontem

Por Elsa Furtado (texto e fotos)

Portugal e o Dubai estão mais perto desde ontem, com a inauguração da nova rota aérea, entre a capital dos dois países, operada pela Emirates.

A  companhia aérea, que passa agora a operar em Portugal, conta com 20 pontos no Extremo Oriente, 17 através do Médio Oriente e mais de 180 voos para a Índia todas as semanas, facilitando o acesso dos passageiros à partida de Lisboa a uma ampla variedade de destinos em todo o mundo, segundo explicou aos jornalistas ontem em conferência de imprensa  Thierry Antinor, Vice-Presidente Executivo de Passenger Sales Worldwide da Emirates.

O responsável salientou ainda que, acredita que esta ponte aérea, que agora une os dois países é uma parceria boa para os dois países. Relembrando os feitos dos portugueses na altura dos Descobrimentos, com destaque para Vasco da Gama, Thierry Antinor, comparou ainda o feito do navegador português com a da companhia aérea, “que descobriu agora um novo caminho aéreo para o Médio-Oriente”.

A operar a rota Lisboa- Dubai, a companhia vai ter um Boeing 777-200ER, oferecendo 274 lugares numa configuração de três classes, sendo 12 lugares em Primeira, 42 em Executiva e 220 em Económica, e com a possibilidade de cada passageiro poder transportar, por classe, 50, 40 e 30 Kg de bagagem (respectivamente).

O voo EK 191 parte diariamente do Dubai às 9h15 e chega a Lisboa às 14h45. O voo de regresso, o EK 192, parte de Lisboa às 17h55 e chega ao Dubai às 4h35 do dia seguinte.  Entre os vários elementos da tripulação destaque para o comandante português Tiago Simões, que esteve no cockpit no vôo inaugural.

Em relação aos destinos, o responsável destaca Lisboa como sendo um destino muito atractivo para aquela zona geográfica, pelas lojas de topo, grande número de hotéis de 4 e 5 estrelas, cultura e golfe.

Mas não deixando de fora é claro cidades como Porto e Faro, que podem ser operadas em code-share com a TAP.

Em relação ao Dubai,  Thierry Antinor destaca além das condições atrativas do país, ser ainda um óptimo ponto de passagem a caminho da Índia, Ásia e Médio-Oriente (17), devido à próximidade geográfica, facilitando assim o acesso a esta zona do globo e melhorando os acessos.

A Emirates dispõe atualmente de uma frota de 176 aviões, dispondo atualmente da maior frota de Airbus A380 e Boeing 777 do mundo, a Emirates voo actualmente para 125 destinos em 73 países. Com 50 novos Boeing 777-300ER encomendados durante o Dubai Airshow 2011, a Emirates tem agora 227 aviões, no valor de mais de 62 mil milhões de dólares.

Os seus 171 voos de grandes frotas incluem 8 aviões de carga e estão entre os mais recentes, com uma média de 79 meses de existência. A companhia planeia duplicar a sua dimensão até 2012.

Um bilhete Lisboa-Dubai- Lisboa tem preços em classe económica  a partir de 637, 21 euros, em classe executiva a partir de 2001,21 euros e em primeira classe a partir de 4951,21 euros, com direito a Spa e casa de banho especial.

       

 

Deixar uma resposta