Keane já têm regresso marcado para o Outono nos Coliseus

Quem não teve oportunidade de matar saudades dos Keane agora em julho, aquando na sua actuação na primeira edição do Cascais Music Fest, pode já marcar na agenda os dias 20 e 21 de outubro, datas em que a banda inglesa vai passar primeiro no Campo Pequeno e depois no Coliseu do Porto.

Os concertos inserem-se na promoção do novo álbum da banda, Strangeland, o quarto álbum de originais dos Keane, que foi editado em Maio deste ano e que entrou diretamente para o primeiro lugar do top de vendas no Reino Unido. Ninguém melhor que os próprios membros da banda para explicar o novo disco.

Tim Rice-Oxley, que já venceu o Prémio Ivor Novello de Melhor Compositor, afirmou que “Strangeland parece uma aventura, que pode sugerir coisas diferentes a pessoas diferentes. Como qualquer aventura, é repleta de incertezas e potenciais revezes mas também oferece a possibilidade de experiências extraordinárias e descobertas magníficas. Adoro pensar que a viagem ao longo de Strangeland pode ser uma jornada de redenção”.

Também Richard Hughes, baterista da banda, revela que “em muitos aspetos, parece que os Keane estão a encerrar um ciclo”. No disco, realça, há “canções que abordam experiências que costumávamos partilhar quando éramos miúdos, enquanto crescíamos, em Battle. É evidente que nunca conseguimos realmente voltar atrás – no entanto, de vez em quando, no final de um dia bom, juntamo-nos no pub local e falamos sobre tudo e sobre nada, até chegar a hora de voltarmos para casa. O que quer que seja que nos torna os Keane – aquela cola invisível – ainda aqui está. E pode ser ouvida, espraiada por Strangeland”.

O concerto agendado para o Campo Pequeno (20 de outubro) tem abertura de portas marcada para as 20h00, sendo que o espetáculo começa às 21h00. Já no Porto, no dia seguinte, os horários não diferem.

Os bilhetes para assistir ao regresso dos Keane já começaram a ser vendidos e custam entre 25 euros  e 35 euros para Lisboa e entre 23 euros e 35 euros para o Porto.

Texto de Cristina Alves
Foto de Vânia Marecos

Deixar uma resposta