Jerónimo Maya encerra Festival de Flamenco sexta-feira, na Aula Magna em Lisboa

A 2ª edição do Festival de Flamenco 2009 entra na recta final, com um espectáculo na próxima sexta-feira, dia 19, de Jerónimo Maya, o virtuoso guitarrista de flamenco, oriundo de uma família cigana e a bailarina Raquel Oliveira, uma das mais Festival Flamenco Lisboa - cartazconhecidas “bailaoras” portuguesas.

Este espectáculo está integrado, nas várias actividades do festival de Flamengo, que decorre desde dia 9 de Junho em Lisboa, no Instituto Cervantes e na Aula Magna, trazendo o melhor da cultura flamenca, através de workshops, música, dança, exposições e ciclos cinematográficos.

A expectativa é elevada, visto que a exibição do maestro Javier Barón, no dia 4 de Junho na Aula Magna rendeu o público presente, com o espectáculo “Al Baile”.

Num dos mais altos momentos do Festival, os amantes de flamenco foram encontrar um cenário propositadamente despido de pormenores, que conduziram o espectador numa viagem ao universo da dança espanhola.

festv.flamencoQuatro cadeiras no palco de madeira aguardavam o bailador e o seu chamamento. Lentamente os músicos, tenores e bailarinos, aproximavam-se cenicamente incorporando a sua personagem.

Entre o êxtase e a dor, Javier Baron deslizou, marcou ritmos, improvisou assombrosamente até chegar à pureza sanguínea e visceral da arte flamenga.

A técnica, o domínio do corpo, a coordenação dos bailarinos induziu o público a aplausos contínuos que se fundiam com movimentos másculos, atentos, despertos e prontos a acompanhar a guitarra, que levaram o mestre a um sorriso largo, de quem tem o público na mão.

Os bilhetes para o espectáculo de sexta-feira, na Aula Magna custam 20 euros para o anfiteatro e 35 euros os doutorais, e estão à venda nos locais habituais.

Texto: Sónia Margarida Louro

Foto: Pedro Araújo Pina

1 Comentário

Deixar uma resposta