Ivete, Gil e Caetano juntos em disco

Três grandes talentos da música popular brasileira juntaram-se para um concerto especial, que foi transmitido no dia 23 de dezembro pela Rede Globo. O sucesso foi tal, que o encontro entre Caetano Veloso, Gilberto Gil e Ivete Sangalo foi transformado em disco e DVD, que serão editados a 30 de abril pela Universal Music.

Músicas originais de Caetano e Gil cruzam-se com momentos de Chico Buarque e Herbert Vianna (Paralamas do Sucesso). Os três baianos colocaram em palco muito do que as suas carreiras deram ao mundo e, neste caso específico, actuaram perante uma plateia repleta de actores conhecidos.

Num momento que junta os poetas e a musa em formato mais formal, numa noite com muito amor e sofisticação, o especial de TV foi dirigido por Roberto Talmo, e definido pelo próprio como algo entre Roland Barthes (sociólogo e filósofo francês) e Carlos Drummond de Andrade. “Conheço intimamente essas músicas. Quando vi quais seriam, fiquei eufórica. Desde sempre ouvi esses compositores”, comentou Ivete Sangalo sobre o alinhamento.

Cantada pelos três artistas, “A Novidade”, de Herbert Vianna, inicia o alinhamento, seguindo-se músicas como “Tigresa”, que Gil fez para a musa Sónia Braga; “A Linha e o Linho”, composta por Gilberto Gil enquanto a mulher (Flora) dormia; e ainda canções emblemáticas como “Se Eu Não te Amasse Tanto Assim”, “A Luz de Tieta”, “Drão”, “Você é Linda” e “Toda a Menina Baiana”, entre muitas outras. Um momento marcante é quando os três se comovem com o original de Chico Buarque, “Atrás da Porta”.

Durante este especial com passagens pela actuação, bastidores e ensaios, a conversa vai fluindo entre os três naquilo que é definido pelo director como “um despojamento muito elegante”. Juntar três personalidadestão únicas da história da música popular brasileira torna este documento um dos mais marcantes realizados nos últimos anos.

Texto de Cristina Alves

Deixar uma resposta