IV Mostra de Cinema Brasileiro arranca hoje no São Jorge

Mostra Cine FLBO Cinema São Jorge, em Lisboa, vai acolher, a partir de hoje e durante quatro noites, a quarta edição da Mostra de Cinema Brasileiro, que homenageia o realizador Domingos de Oliveira e o actor Matheus Nachtergaele.

Promovida pela Fundação Luso-Brasileira, em parceria com a EGEAC e com o apoio da Embaixada do Brasil, da Casa do Brasil e da Casa da América Latina, entre outras entidades, a Mostra tem como objectivo “apresentar o cinema brasileiro contemporâneo ao público português e à comunidade brasileira residente em Portugal”, segundo divulgado em comunicado.

Num total de 12 filmes contemporâneos, serão exibidos diariamente quatro filmes, que ainda estão fora do circuito comercial.

O programa inclui longas-metragens realizadas por Domingos de Oliveira, responsável pela série televisiva Confissões de Adolescente, e protagonizadas por Matheus Nachtergaele, que participou em filmes como Cidade de Deus e Central do Brasil, e nas telenovelas Hilda Furacão e Da Cor do Pecado.

Cartaz_64 x 94cm.cdrNo sábado, após a exibição de Juventude, vai decorrer uma conversa com o realizador Domingos de Oliveira, a partir das 21 horas.

Esta será a oportunidade para Portugal assistir a filmes como Chega de Saudade, de Laís Bodanzky, ou A Festa da Menina Morta, de Matheus Nachtergaele, que é outro dos convidados especiais da Mostra.

O Festival arranca hoje à noite, com uma exibição reservada a convidados, onde será exibido o drama Juventude, de 2008, realizado e protagonizado por Domingos de Oliveira, com Paulo José e Aderbal Freire Filho.

O segundo dia é dedicado à  filmografia brasileira contemporânea, com a exibição, entre outros, do drama Meu nome não é Johnny, o filme mais visto no Brasil em 2008.

No dia 7 de Novembro, além da apresentação de quatro filmes de Domingos de Oliveira, o público terá a oportunidade de conversar com o realizador brasileiro, após a exibição de Juventude, às 21 horas, desta vez numa exibição para o público em geral.

A filmografia de Matheus Nachtergaele está em destaque no dia 8 de Novembro, último dia da Mostra, sendo o filme A Festa da Menina Morta, apresentado pelo próprio actor brasileiro, às 20h30.

Feminices (1)

Os bilhetes custam 3,5 euros ou 3 euros para menores de 25 anos, maiores de 65 e associados da Casa do Brasil.

Em cartaz estarão os filmes Romance, Santiago, Chega de Saudade e Meu nome não é Johny, todos no dia 6.

Feminices, Separações, Juventude e Carreiras, no dia 7, sendo todos os filmes da autoria de Domingos de Oliveira.

O Auto da Compadecida, Tapete vermelho, A Festa da Menina Morta e A Concepção, no dia 8.

Texto de Cristina Alves

Deixar uma resposta