Hamburguer E Lavagante Para Dividir no Prato

Reportagem de Tânia Fernandes

Ainda que não seja uma ligação habitual, adivinhamos um casamento feliz na combinação de hambúrgueres com lavagante que a Italian Burguer and Lobster House está a fazer, na rua do Loreto, em Lisboa.

Com uma história de sucesso na gastronomia italiana e também em hambúrgueres, maioritariamente em food courts de grandes espaços comerciais, os proprietários do restaurante arriscaram agora este conceito num espaço de rua paredes meias com o Bairro Alto, junto ao Chiado. Trata-se de uma abordagem inovadora no segmento hambúrgueres, em que a grande novidade é a introdução do lavagante. Um desafio,  que é original em Portugal, mas que já se faz no estrangeiro.

Utilizam muitos produtos italianos, importados, para garantir o sabor, explicam-nos. É uma cozinha saudável, em que os hambúrgueres são grelhados e o lavagante é grelhado ou cozido a vapor. Os molhos que os acompanham são feitos com recurso a ervas aromáticas frescas.

Uma carta simples de consultar permite-nos escolher as variantes de hambúrguer (entre 5,95 euros e 8,95 euros), entre dez possibilidades, que incluem opção de peixe e vegetariano. Ou de lavagante, como o Tártaro de Lavagante, Risotto de lavagante  ou Linguine de Lavagante(entre os 16,50 e os 18,50 euros).

Ou ainda combinar os dois, como é o caso do Menu (42 euros) feito para ser partilhado por duas pessoas , sendo que cada uma come meio lavagante e meio hambúrguer. Há apenas que escolher o hambúrguer, dentro das opções disponíveis. Tanto a carne como o marisco tem dois acompanhamentos escolhidos à parte que podem ser salada, batata frita ou risotto nas variedades de pesto ou cogumelos.

O aquário, à entrada do restaurante , é a última morada dos lavagantes. Uma vez feito o pedido, são retirados ainda com vida da água e levá-los para a cozinha de onde regressam, já empratados minutos depois. O lavagante aqui servido vem do Maine, nos Estados Unidos. Uma opção feita de acordo com a excelente qualidade do produto, proveniente de águas frias e profundas.

Há uma simpática carta de bebidas, com vinhos e gins para poder acompanhar.

A decoração procura tirar partido da traça antiga do edifício e destaca pormenores com luz, em contraste com a pedra e o tom de azul marinho que predomina. Dispõe de três salas, entre arcos, que permitem acolher pequenos grupos.

Uma feliz e original abordagem gastronómica que não podemos deixar de recomendar!

O espaço tem capacidade para 72 pessoas  e funciona em horário alargado, com a cozinha a funcionar, mesmo durante a tarde. O restaurante encontra-se aberto diariamente entre as 12h00 e as 24h00.

 

Deixar uma resposta