Igreja de Santiago em Lisboa promove semana dedicada ao Apóstolo e ao Caminho

A Igreja de Santiago de Lisboa (ao Castelo), no âmbito da sua festa litúrgica de Santiago Maior realizada no dia 25 de julho, prolongará as comemorações durante toda a semana de 22 a 28 de julho. O objectivo é dar a conhecer aos lisboetas a mística associada ao culto do apóstolo, bem como o Caminho de Peregrinação até Compostela.

 Lisboa assiste há já vários séculos à partida de milhares de peregrinos que rumam a Compostela num caminho de 600 quilómetros até ao túmulo do Apóstolo.

Desta jornada a Compostela, que em 2011 recebeu quase 185 mil peregrinos, participaram D. Sancho II, o primeiro peregrino que partiu da nossa capital em 1244, a Rainha Santa Isabel, iniciando o Caminho em 1325, e quando em 1502 os descobrimentos despoletavam já o orgulho de toda uma nação D. Manuel I, o Venturoso, decidiu também rumar a Santiago.

Dar a conhecer este já histórico ritual de partida à peregrinação, que volta agora a ter lugar em Lisboa, é a missão desta semana festiva que desta forma devolve à Igreja de Santiago de Lisboa, fundada em 1209,  a tradição de acolhimento aos peregrinos, dá a conhecer o património material e imaterial e promove toda a espiritualidade associada ao Caminho.

Do Programa da Semana de Santiago destacam-se para além das diversas iniciativas de culto religioso uma exposição de paramentos, alfaias litúrgicas e documentos antigos, um festival de música do Caminho, um concerto de música sacra e uma série de colóquios sobre a temática do Caminho de Santiago.

Consulte o programa aqui.

Texto de Tânia Caria

Deixar uma resposta