Gulbenkian Apresenta Ópera Monstruosa

A Fundação Calouste Gulbenkian prepara-se para receber o projecto O Monstro no Labirinto nos próximos dias 27, 28 e 29 de setembro (quarta, quinta e sexta-feira) pelas 20h00, no Grande Auditório.

Trata-se de uma ópera encomendada pela Orquestra Sinfónica de Londres, a Fundação Filarmónica de Berlim e o Festival d’Aix-en-Provence ao compositor britânico Jonathan Dove – e que pretende recriar o mito grego do Minotauro: retrata a viagem de barco de Teseu a Creta com o intuito de salvar as crianças de Atenas que foram oferecidas em sacrifício ao Minotauro.

A ópera, cuja encenação está a cargo de Marie-Eve Signeyrole, pretende ser um espectáculo para todos os públicos e com conteúdos multimedia. A produção é de larga escala, ao envolver, para além de uma orquestra e três solistas, um narrador e mais de 300 coralistas e instrumentistas amadores. Até agora, já foi apresentada em Lille, Montepellier, Londres e Berlim e foi bastante bem recebida pela crítica. Para Signeyrole, trata-se de uma história actual ao remeter para os problemas migratórios no Mediterrâneo dos nossos dias.

Os bilhetes já se encontram à venda nos locais do costume, no local e online e custam entre 19 e 30 euros.

Deixar uma resposta