Guimarães recua novamente até ao século XII

De 14 a 16 de setembro, Guimarães vai recriar a época da fundação do reino de Portugal com mais uma Feira Afonsina no centro da cidade, que este ano é a Capital Europeia da Cultura.

No ano de consolidação e expansão do evento, D. Afonso Henriques é apresentado já como adulto, envolvido o ambiente militar de preparação para os movimentos de conquista. Nesta fase, o Castelo de Guimarães assume o seu natural protagonismo enquanto palco principal. O ponto de partida para esta viagem no tempo é o ano de 1125, momento em que D. Afonso Henriques se arma cavaleiro a si próprio, em Zamora. A acção desenrola-se até 1128, início do governo do Condado Portucalense por D. Afonso Henriques, marcado pela Batalha de S. Mamede.

A Feira Afonsina irá apresentar recriações históricas pelas ruas da cidade e a programação inclui workshops diversos à disposição dos visitantes – desde a forja do ferro até à alquimia – uma ceia típica com D. Afonso Henriques, espectáculos e bailes diários, “quadros vivos”, jogos e brincadeiras de origem medieval para os mais novos, tasquinhas variadas, bancas de artesanato e um acampamento militar.

Texto de Isabel Baptista
Fotos gentilmente cedidas pela organização

Deixar uma resposta