Goya em exposição no Museu Nacional de Arte Antiga

Reportagem de Tânia Fernandes

goya_04Os retratos dos Reis Carlos IV e Maria Luísa de Parma, com a assinatura de Goya, podem ser vistos, até ao dia 2 de fevereiro de 2014 no Museu Nacional de Arte Antiga. Uma mostra realizada no âmbito da iniciativa Obras Convidadas, cujo objetivo é dar a conhecer obras de grandes mestres da pintura ocidental que raramente foram expostas em Lisboa. Cedidos de forma temporária, estes quadros encontram-se habitualmente no Arquivo das Índias de Sevilha.

A história por detrás destes retratos remonta ao tempo em que se recorria ao talento de grandes pintores, para dar a conhecer as figuras reais. Para assinalar a visita dos novos monarcas à capital andaluza, os trabalhadores da Real Fábrica de Tabacos de Sevilha encomendaram a Francisco de Goya e Lucientes os retratos. Assim, as imagens de Carlos IV e Maria Luísa de Parma, em pose estudada e exibindo insígnias de poder, foram exibidas no Templo da Fama, estrutura arquitetónica erguida para a ocasião. O pintor assumia a importância que hoje terá um fotógrafo na divulgação da imagem de figuras públicas. Este trabalho foi executado em 1789, período em que Goya foi nomeado Pintor de Câmara do Rei e bastante solicitado pela corte. No espaço de um ano pintou 18 retratos.

Dia 11 de outubro, às 18h00, está prevista uma conferência sobre Francisco de Goya por Gudrum Maurer, especialista da obra do pintor e conservadora do Museu do Prado na área de pintura do século XVIII.

Estão previstas ainda visitas orientadas, para adultos, aos domingos durante o mês de outubro dias 13 e 20 outubro às 15h00 e 27 de outubro às 15h30. Têm duração de 30 minutos e não necessitam de inscrição prévia. O bilhete de entrada no Museu permite a participação nestas visitas. O Museu Nacional de Arte Antiga está aberto ao público terças-feiras das 14h00 às 18h00 e de quarta-feira a domingo das 10h00 às 18h00.

Esta exposição faz ainda parte da Mostra Espanha 2013, evento que promove, junto do público português, atividades representativas da cultura espanhola.

Deixar uma resposta