Galeria Roca em Lisboa apresenta exposição de fotografia dedicada à água

O Roca Lisboa Gallery, sediado no coração da capital, nos Restauradores, num antigo palacete de cinco pisos apresenta a exposição Agua, do fotógrafo espanhol Héctor Garrido, com entrada gratuita até 14 de janeiro.

Nesta mostra, o artista apresenta as imagens “Tão simples como a união de dois átomos de hidrogénio a um de oxigénio. Elementos abundantes, quase vulgares, no universo. E numa proporção tremendamente simples: um é o dobro do outro. E ainda é a combinação perfeita para que se dê a revolução da vida. A vida, em todas as formas que conhecemos no nosso planeta. Um planeta que talvez se devesse chamar Água, já que visto desde o espaço é uma enorme gota com algumas terras emergentes. Água sobre a superfície do planeta. Água que flutua sobre nós em forma de nuvens passageiras. Nuvens de presságios. Nuvens de recordações. Nuvens de algodão que formam dragões, rostos, corações, sonhos sem fim. Simplesmente água”, segundo o próprio explicou aquando a apresentação.

Héctor Garrido é um fotógrafo com vasta experiência, tendo já realizado várias exposições individuais na Europa, América e África. Desenvolveu projetos fotográficos em todos os continentes e publicou fotografias e artigos no El País Semanal, National Geographic, El Mundo e XL Semanal.

A decisão da Roca de apresentar esta mostra vem de encontro ao objetivo da marca de tornar o Roca Lisboa Gallery num espaço emblemático de design em Lisboa e em Portugal, segundo Jorge Vieira, diretor-geral da Roca, S.A., explicou aquando da apresentação à imprensa, afirmando ainda que, “Esta exposição permite-nos transmitir aos visitantes a preocupação que a Roca tem com a água. Graças às imagens expressivas de Héctor Garrido podemos alertar para a importância fundamental da sustentabilidade e sublinhar o compromisso que a Roca assumiu com o planeta”.

Texto de Clara Inácio
Fotos de Elsa Furtado
 

Deixar uma resposta