FIMFA Lx12 de 9 a 13 de Maio no Museu da Marioneta

O Museu da Marioneta recebe o FIMFA Lx12 de 9 a 13 de Maio com diversos espetáculos. De Itália chega  Costanza Givone que apresenta Salomé perdeu a luz no dia 13 de Maio às 21h30, um espetáculo de dança e objectos sobre a dificuldade de reconhecer a própria identidade, do conflito entre ser e parecer, a partir da obra Salomé, de Oscar Wilde, onde a protagonista não é nem femme fatale nem princesa, mas uma rapariga comum. Salomé perdeu a luz  foi espectáculo finalista do Premio Scenario 2011 (Itália).

 

De destacar também Paper Cut de Yael Rasooly, de Israel, na Capela do Museu da Marioneta nos dias 9 e 10 de Maio às 21h30. Espetáculo inspirado no cinema americano e nas estrelas de Hollywood da década de 40, revelando a obsessão e os perigos das fantasias românticas. O cinema a preto e branco é transformada num universo low-tech de papel recortado e de teatro de objectos, criando uma tensão surreal, repleta de humor e suspense. Yael Rasooly é multi- facetada, é encenadora, actriz, marionetista e cantora. Os seus espectáculos misturam diferentes linguagens artísticas, como o teatro, as artes plásticas e a música.

Paper Cut tem já um grande percurso pelos mais distintos festivais internacionais, desde a Tailândia aos Estados Unidos, e já distinguido por vários prémios, como Excellence Award for a solo show – The NY International Fringe Festival (Agosto 2011); Grand Prix International Festival for solo Puppeteers – Lodz, Polónia (Abril 2011); Best Artistic Conception and Realization – International Adult Puppet Festival of Pecs – Hungria (Agosto 2010); Prix UNIMA (Diplôme d’excellence) – Union Internationale de la Marionnette (Agosto 2010).

 Texto de Clara Inácio 

Deixar uma resposta