Filipe La Feria leva a cena A Flor do Cacto no Politeama

Filipe La Féria apresenta mais uma peça que promete ser mais um grande sucesso, A Flor do Cacto, com estreia prevista para a segunda quinzena de junho, no Teatro Politeama, numa versão que promete ser um êxito, tanto pelo guião que apresenta, como pelo elenco de luxo.

A Flor do Cacto é um clássico do teatro de comédia do século XX, da autoria  de Pierre Barillet e Jean-Pierre Grédy, e que já foi representada no passado por  grandes actores como Ingrid Bergman, Walter Matthau, Lauren Bacall e Jean Poiret e em Portugal por Laura Alves e Paulo Renato, e mais recentemente no cinema por Jennifer Aniston e Adam Sandler.

Numa adaptação do encenador nacional, A Flor do Cacto é uma sátira ao Portugal de hoje, e conta com a presença de Rita Ribeiro, Carlos Quintas, Victor Espadinha, Joel Branco, Helena Rocha, Hugo Rendas, Patrícia Resende e Bruna Andrade, no elenco.

Numa Lisboa em plena crise psico-económica, um famoso dentista leva uma vida dupla com uma jovem tatuadora, produto típico da geração à rasca, convencendo a miúda que é um homem casado e pai de filhos. Tudo se complica quando esta pretende conhecer a verdadeira mulher do seu futuro marido. A enfermeira que há anos trabalha no consultório do dentista e alimenta por ele uma paixão secreta, vê-se forçada a passar pela mulher legítima do homem solteiro que sempre amou.

No ambiente hilariante de uma clínica dentária, com pacientes que são figuras famosas do nosso Jet7, a comédia atinge situações de grande comicidade com diálogos sofisticados e inteligentes mas numa peça de teatro transversal.

As sessões vão decorrer de quarta a sábado às 21h30, e matinées às 17h00 ao sábado e domingo.

Texto de Margarida Vieira Louro

Deixar uma resposta