Filipe La Féria apresenta peça sobre Judy Garland – O Fim do Arco-Íris, no Politeama

Filipe La Féria começa 2012 em grande, com a estreia a 12 de janeiro do espetáculo O Fim do Arco-Íris, de Peter Quilter, inspirada na história da atriz Judy Garland, a maior diva dos musicais de todos os tempos que ficou para a história do cinema como a Dorothy de O Feiticeiro de Oz e a Vicky Lester de Nasceu uma Estrela (nomeada por ambos os papéis ao Oscar de Melhor Actriz), entre outros marcos cinematográficos de Hollywood.

Na adaptação do encenador português, Vanessa será Judy Garland,  num espetáculo que acompanha os conflitos nos bastidores de uma temporada de seis semanas que Judy Garland fez na “Talk of The Town”, uma casa de espectáculos em Londres em 1968, um ano antes de morrer. Entre o palco e o camarim, Judy luta contra os seus demónios interiores, acompanhada do seu último namorado Mickey Deans , interpretado por Hugo Rendas e do seu pianista, Anthony, aqui interpretado por Carlos Quintas.

Judy Garland, O Fim do Arco-Íris é um drama emotivo com vários números musicais, entre um início espirituoso e um desfecho comovente, sobre o entardecer de um dos maiores mitos de todos os tempos, que termina com a emocionante cena de Judy Garland sentada num palco escuro, apenas com um foco de luz sobre o rosto, a atriz dá corpo e voz a “Over the Rainbow”, tratando a letra da canção como uma confissão do fundo da alma – “No fim do Arco-Íris”.

Este espetáculo conta com a direcção musical de Telmo Lopes, prémio de teatro para a melhor direcção musical em Música no Coração e West Side Story– Amor Sem Barreiras, direção vocal de Dale Chappell e coreografia de Inna Lisniak, prémio de teatro pelas coreografias de A Gaiola das Loucas e Um Violino no Telhado.

As sessões são de quinta a sábado às 21h30, e ao fim-de-semana às 17h00, no Teatro Politeama e o preço dos bilhetes varia entre os 15 e os 30 euros, e estão à venda nos locais habituais.

Por Margarida Vieira Louro

 

 

Deixar uma resposta