Figueira da Foz recebe Fusing Culture Experience

cartaz_fusingA música, a arte, o desporto e a gastronomia vão tomar de assalto a Figueira da Foz na primeira edição da Fusing Culture Experience, entre 1 e 4 de agosto. Apresentada como uma “experiência de verão única em Portugal”, a iniciativa decorre num recinto – onde não falta sequer uma praia privada – e um pouco por toda a cidade.

Para além de banhos de sol e de mar, os visitantes poderão visitar no espaço principal uma galeria de arte criada numa velha garagem e desfrutar de uma zona lounge que acolherá performances e curtas-metragens. À espera dos adeptos do snowboard urbano estará uma pista que irá receber o circuito nacional da modalidade. Um mercado com peças contemporâneas também marcará presença bem como os imprescindíveis locais de comes e bebes. A música, essa passará por dois palcos no recinto e pelo Casino da Figueira.

Do programa de festas fazem ainda parte atividades que prometem animar as ruas da cidade. Quem passar pela Figueira irá deparar com transformações e fusões inesperadas, entre as quais intervenções urbanas de artistas como Mário Belém ou Kruella D’Enfer. Já no mercado municipal, a gastronomia será rainha e senhora, com o peixe e o arroz característicos da região a servirem de mote. Previstos estão workshops a cargo do Instituto Macrobiótico de Portugal e de Viriato Pã, concorrente do Masterchief português que trabalha atualmente no restaurante lisboeta 100 Maneiras.

No que toca à música, a Fusing Culture Experience apresenta um cartaz com mais de 35 nomes nacionais. Orelha Negra, PAUS, Linda Martini, Memória de Peixe e Moullinex Live são apenas alguns dos artistas que vão passar pelos palcos do recinto do evento. Os sons portugueses marcarão também as noites do Casino. Pensão Flor e Omiri são as propostas para dia 1, enquanto que a 2 se espera o guitarrista Filho da Mãe e uma atuação inédita do Rancho dos Cantadores da Aldeia Nova de S. Bento com António Zambujo e Samuel Úria. Lavoisier e Osso Vaidoso são as bandas prometidas para dia 3.

A Fusing Culture Experience encerra em beleza, no mar. Assim, a 4 de agosto decorrerão atividades ligadas ao surf durante o dia, estando mesmo previsto um evento para os fãs da prática noturna deste desporto. Quem não for muito dado a ondas poderá ficar em terra na companhia do chefe Chakall que, com o Maior Workshop Culinário do Mundo, pretende juntar 500 pessoas a cozinhar em simultâneo.

Os passes para os 4 dias do Fusing custam 35 euros. O acesso diário ao recinto, esse tem um valor de 11 euros no dia 1, 13 euros nos dois dias seguintes e de 5 euros no domingo. Os bilhetes encontram-se já à venda nos locais habituais.

Texto de Alexandra Gil

Deixar uma resposta