Festival Sete Sóis Sete Luas traz hoje a Croácia à Fabrica da Polvora aravés da voz de Franco Krajcar

O transversal festival Sete Sóis Sete Luas, este ano na sua 19ª edição, apresenta hoje um concerto de Franco Krajcar, na Fábrica da Pólvora de Barcarena, com início marcado para as 22h00. O festival é promovido por uma rede cultural de vinte e cinco cidades de dez países do Mediterrâneo e do Atlântico – Brasil, Cabo Verde, Croácia, Espanha, França, Grécia, Israel, Itália, Marrocos e Portugal vai decorrer em Oeiras, até dia 19 de Agosto.

Franko Krajcar, conhecido músico e compositor Croata, apresenta hoje um espetáculo em que a música tradicional croata vai estar em evidência e com uma abordagem original e contemporânea da mesma, explorando assim uma sonoridade consolidada em volta da música de raiz popular, tocando inúmeros instrumentos, tradicionais e clássicos, misturando ambientes, memórias e emoções, convidando o público a fazer uma viagem pelo imaginário sonoro da Istria e da Croácia.

Para a edição deste ano estão previstos nove concertos, com artistas de Itália, de Marrocos, da Croácia e de Espanha. Dia 15 é a vez dos madrilenos  Zoobazar, no dia 22 o projecto 7Sóis Med-Criola Orkestra, dirigido pelo português José Barros (vocalista de Os Navegantes), com a participação da cabo-verdiana Tété Alhinho (voz), do espanhol Manuel Cabrales (bateria), do marroquino Jamal Ouassani (violino) e dos italianos Mimmo Epifani (bandolim) e Mario Rivera (baixo).  No dia 29 de Julho os sicilianos

Tinturia. A 5 de Agosto atuam os italianos de Puglia – Folkabbestia, no dia 12 de Agosto o grupo Dos Orillas Ensemble (Marrocos e Andaluzia) e no dia19 os Sinetiketa daAndaluzia, Espanha.

O Festival Sete Sóis Sete Luas arrancou no passado dia 24 de Junho, com a napolitana Pietra Montecorvino, e tem como principal objetivo o diálogo intercultural através da realização de projectos de música popular e de artes plásticas, com a participação de grandes figuras da cultura mediterrânica e atlântica e decorre em várias cidades e países durante o verão.

Os bilhetes são pagos a partir dos 3 anos e têm o custo de  2 euros (individual), 5 euros (família, até 4 pessoas) e 15 euros para nove espectáculos e podem ser adquiridos na Fábrica da Pólvora de Barcarena, na Loja Municipal no Oeiras Parque, no Centro de Arte Manuel de Brito (Palácio Anjos, Algés) e nos locais habituais.

Texto de Margarida Vieira Louro

Deixar uma resposta