Festival Materiais Diversos arranca dia 14 de Setembro

A 4ª edição do Festival Materiais Diversos tem estreia marcada para 14 de setembro. Espalhado pelos palcos de Alcanena, Minde e Torres Novas, durante 15 dias (termina a 29 de Setembro), o certame conjuga criadores portugueses e brasileiros nas várias artes: teatro, dança, performance e música.

No âmbito deste certame que apresenta 15 projectos distintos, estão previstas algumas estreias, nomeadamente ao nível da coreografia. A abrir o festival Paraíso-Colecção Privada, um concerto da portuguesa Marlene Monteiro Freitas onde desfilam máquinas de costura. Já o coreógrafo brasileiro Cristian Duarte apresenta em primeira mão um espectáculo com uma centena de elementos: Hot 100_The hot one hundred choreographers.

Outro dos destaques deste evento é, por exemplo, o espectáculo de Ana Rita Teodoro, Penthesilia de Kleist que retrata a dança solitária de uma mulher apaixonada com a particularidade de no palco não estar apenas uma heroína, mas sim 30 intérpretes da comunidade local (Minde) a acompanhá-la. Outras exibições contam também com a participação local, num esforço de levar a cultura aos locais pouco tradicionais e ao mesmo tempo integrar as populações.

A nível internacional integram também a programação trabalhos como Dulce de Flávia Gusmão ou Baseado em Factos Reais, de Ângelo Madureira e Ninguém Falou que Seria Fácil, da companhia teatral Foguetes Maravilha, entre tantos outros.

A direcção artística de todo o festival cabe ao coreógrafo Tiago Guedes que integra a associação sem fins lucrativos Materiais Diversos. Nesta mostra serão ainda realizados workshops e sessões com os artistas.

Os bilhetes que custam entre 3 e 6 euros e podem ser adquiridos no Ponto de Encontro, em Minde a partir do dia 31 de agosto, existem descontos para jovens e seniores passes especiais para um fim-de-semana, cinco espectáculos ou todo o certame.

Texto de Sofia Rato

Deixar uma resposta