Festival Literário da Madeira arranca segunda-feira com inúmeras presenças de referência

festival_madeiraO Festival Literário da Madeira cujo tema e ponto de partida é o Manifesto à Arte: Revolução, Rutura, Renovação, confirma as presenças de Adélia Carvalho, uma das novas referências portuguesas na área da literatura infantil tendo lançado recentemente Era Uma Vez Um Cão assim como a sua editora Tcharan, em conjunto com a ilustradora Marta Madureira. E Francisco Fernandes, também autor de literatura infantil com os livros Duas Estrelas do Mar e Um Peixe Prateado, além de já ter publicado obras nas áreas da investigação, dramaturgia e ficção.

Confirmadas também e já anunciadas estão as presenças de Paulo Sérgio Beju, Maria João Saraiva de Menezes, Isabel Leal, Cláudia Sousa, Luísa Spínola, Roberto Macedo Alves e Naomi Wolf, Antonio Scurati, Rui Zink, Maria do Rosário Pedreira, Tiago Patrício e Lídio Araújo.

Nesta terceira edição poder-se-á ainda contar com o lançamento do FLI – Festivalinho Literário Infantil onde os escritores vão visitar escolas públicas e privadas do primeiro ciclo, bibliotecas, um ATL e um orfanato, estimlando assim a criatividade e o gosto pela leitura desde cedo. Haverá também visitas à Universidade, debates, conferências, uma exposição e dois concertos. Haverá também as habituais Conversas Cruzadas tendo por base os títulos de livros A Arte de Morrer Longe, de Mário de Carvalho, A Arte de Lidar Com as Mulheres, de Schopenhauer, A Arte da Guerra de Sun Tzu, A Arte da Libertação de Krishnamurti e A Arte de Pagar as Suas Dívidas de Balzac.

O Festival Literário da Madeira decorre de 1 a 7 de abril na cidade do Funchal.

Texto de Joana Resende

Deixar uma resposta