Festival de Cinema de Cannes arranca dia 11 com Midnight in Paris

Texto de Elsa Furtado

Midnight in Paris, a mais recente comédia de Woody Allen, foi o filme escolhido para fazer as honras de abertura da 64ª edição do Festival de Cinema de Cannes, no próximo dia 11 de Maio na grande sala Lumière e que vai animar a pequena cidade francesa até ao dia 22, numa edição ano que conta com o ator americano Rober de Niro como presidente do júri.

Entre os filmes que por aqui vão passar este ano destacam-se La Piel Que Habito de Pedro Almodóvar, The Tree of Life de Terrence Malick, Melancholia de Lars von Trier, e Sleeping Beauty de Julia Leigh.

Na secção Un certain regard vão ser apresentados os filmes Um Novo Despertar de Jodie Foster, The Artist de Michel Hazanavicius, The Conquest de, Xavier Durringer e em estreia mundial Os Piratas das Caríbas: Navegando em Águas Misteriosas de Rob Marshall.

Nas exibições especiais vão passar os filmes Labrador de Frederikke Aspock, Le maitre des forges de l’enfer de Rithy Panh, Michel Petrucciani de Michael Radford e  Tous au Larzac de Christian Rouaud. O encerramento do festival vai estar a cargo do filme Les Bien-aimés de Christophe Honoré.

O Festival Internacional de Cinema de Cannes foi criado por iniciativa de Jean Zay, ministro de Educação Pública e Belas Artes, que desejava implantar em França um evento cultural internacional capaz de rivalizar com a Mostra de Veneza, tendo a primeira edição em Cannes ter decorrido a 20 de Setembro de 1946, e passado para o mês de maio em 1952, após uma tentativa de Louis Lumière em 1939.

 

Filmes em competição 2011:

La Piel Que Habito, Pedro Almodóvar
L’Apollonide – souvenirs de la maison close, Bertrand Bonello
Pater, Alain Cavalier
Hearat Shulayim, Joseph Cedar
Bir Zamanlar Anadolu’da, Nuri Bilge Ceylan
Le gamin au vélo, Jean-Pierre e Luc Dardenne
Le Havre, Aki Kaurismäki
Hanezu no tsuki, Naomi Kawase
Sleeping Beauty, Julia Leigh
Polisse, Maïwenn
The Tree of Life, Terrence Malick
La source des femmes, Radu Mihaileanu
Ichimei, Takashi Miike
Habemus Papam, Nanni Moretti
We Need To Talk About Kevin, Lynne Ramsay
Michael, Markus Schleinzer
This Must Be The Place, Paolo Sorrentino
Melancholia, Lars von Trier
Drive, Nicolas Winding Refn

 

 

Deixar uma resposta