Festival das Artes de Coimbra de 2010 arranca a 16 de Julho

A 2ª edição do Festival das Artes, promovido pela Fundação Inês de Castro e pela Quinta das Lágrimas, vai decorrer de 16 de Julho a 1 de Agosto, em Coimbra, sob o mote “Águas Infindas”.

À semelhança da edição anterior, este festival transversal dedicado às várias artes volta a ter diversos ciclos temáticos, como Música, Palavra, Coreografia, Artes Plásticas, Teatro, Cinema, Património, Conferências, Esperança, Gastronomia e Vida, num total de mais de 42 eventos, a decorrerem maioritariamente na Quinta das Lágrimas, durante 15 dias seguidos.

A aposta na promoção este ano também é mais forte, a começar pela apresentação à imprensa, primeiro em Lisboa e depois em Coimbra, na distribuição de um desdobrável com a programação completa e que inclui um voucher de desconto de 50% por vários pontos estratégicos, e a aposta em alguns mercados estrangeiros.

“A nossa ambição é fazer deste festival, o melhor festival ao ar livre do género em Portugal e transformá-lo numa referência a nível internacional na sua área”, referiu José Miguel Júdice ao C&H à margem da apresentação em Lisboa.

Entre os vários programas do festival, o responsável da Quinta das Lágrimas destacou o Concerto Köln, que vai interpretar “Ondulações barrocas” (considerado um dos melhores do mundo), as participações dos músicos Pedro Burmester, António Pinho Vargas, e Bernardo Sassetti.

A passagem do ciclo de cinema este ano para o anfiteatro ao ar livre da Quinta, e a participação do chefe Santi Santamaria, detentor de três estrelas Michelin, que vai ser o autor do menu de dia 27 de Julho, no Restaurante Arcadas da Quinta das Lágrimas, no Ciclo de gastronomia, são outras das novidades do programa.

O festival arranca no dia 16 de Julho, às 19h30, com o concerto “Bem Vindos a Coimbra”, pela Orquestra Clássica do Centro e pelo Coro dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra e termina no dia 1 de Agosto, às 21h30, com o espectáculo “Maiorca”, ambos na Quinta das Lágrimas. O tema para 2011 já está escolhido e vai ser dedicado a Inês de Castro, sob o tema “Paixões Trágicas”, em articulação com o Mosteiro de Alcobaça.

Os bilhetes para os espectáculos no anfiteatro da Quinta das Lágrimas têm um preço de 10 euros (o limite máximo é de mil pessoas), os bilhetes de cinema 5 euros, o jantar de dia 27 tem um preço de 80 euros e os outros dois jantares do ciclo de gastronomia 50 euros.

Por Elsa Furtado
Foto de Elsa Furtado

Deixar uma resposta