Festas em Coimbra arrancam com concerto de Rodrigo Leão

Um concerto de Rodrigo Leão & Cinema Ensemble, no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, inicia no dia 1 de Julho as Festas de Coimbra e da Rainha Santa Isabel, que vão animar a cidade do Mondego até dia 11 de Julho, com um pré-arranque já no próximo dia 25 de Junho.

Os festejos, que se realizam de dois em dois anos e evocam a beatificação de Isabel de Aragão em 1516, terminam a 11 de Julho com um concerto pelo percussionista brasileiro Cyro Baptista, músico radicado nos Estados Unidos da América. As festas pretendem ainda “celebrar o centro histórico e alguns espaços que têm sido requalificados”, afirmou Luís Alcoforado, presidente da empresa municipal Turismo de Coimbra durante a apresentação à imprensa.

A 2 de Julho, segundo dia das festas, é inaugurada a Feira Popular e realiza-se uma Serenata de Coimbra, na Praça 8 de Maio, e um concerto pela banda portuense Táxi.

Um encontro de filarmónicas do distrito e uma celebração da guitarra de Coimbra e Lisboa, a que se associam as vozes de Camané e João Farinha, marcam o dia 3.

Dia 4 as tradicionais danças de salão, como o flamenco, salsa e tango, saem à rua para realizarem na Praça 8 de Maio o “Coimbra Street Dancing”, no mesmo dia em que a guineense Eneida Marta dá um concerto na Praça do Comércio.

Um concerto dedicado à serenata, com a Orquestra Clássica do Centro e a Vórtice Dance Company, da Figueira da Foz, e o folclore da Tailândia e Bulgária destacam-se no dia 5.

Concertos pela Orquestra de Bandolins Espanhóis, de Valladolid, no dia 7, e dos grupos Azeitonas a 9, e Anaquim a 10 são outras iniciativas de animação.

No dia 10 realiza-se o 1.º Torneio de Bridge da Rainha Santa, iniciativa que pretende incluir Coimbra no roteiro das competições internacionais da modalidade, disse Luís Alcoforado.

No programa religioso destaca-se no dia 8 a Procissão da Penitência, na qual a imagem da Rainha Santa sai do Convento de Santa Clara-a-Nova para a Igreja da Graça, na Baixa e no dia 11, a Procissão do Regresso, na qual a imagem regressa ao Convento.

Estão previstos dois espectáculos de fogo de artifício. O primeiro, a 8, para saudar a chegada da imagem da Rainha Santa à Baixa. O segundo às 24h00 do dia 11.

O concerto de abertura será o único com entradas pagas, com as receitas a reverterem para a criação de uma cantina da Liga Nacional Contra a Fome.

Por Cristina Alves
Imagens Turismo de Coimbra

Deixar uma resposta