Fernanda Fragateiro expõe na Ermida Nossa Sr.ª da Conceição de Belém

A Ermida Nossa Sr.ª da Conceição de Belém acolhe a partir de dia 26 de Janeiro e até 24 de Março de 2013, uma instalação da artista Fernanda Fragateiro intitulada Pensar é Destruir, patente no interior da Ermida.

A instalação simula o achado de parte de um chão de origem árabe, como se uma parte tivesse sido encontrada e outra, perdida para sempre. Os mosaicos cerâmicos utilizados foram fabricados em Meknès, em Marrocos, segundo os processos ancestrais. Em Portugal são conhecidos como “alicatados”. A artista constrói sobre o chão da Ermida um novo chão, utilizando os mesmos mosaicos vidrados de branco, recriando um padrão modular e incompleto. Na penumbra da capela, a obra representa uma clareira de luz. A instalação completa-se com o registo sonoro do som emitido durante o processo de montagem dos mosaicos cerâmicos sobre o chão. Este som permanente no espaço, envolve o espectador e faz fixar o tempo da sua construção.

Pensar é Destruir foi exposta pela primeira vez no Palácio dos Duques em Guimarães, na passada primavera, inserindo-se com outros trabalhos site specif que a artista tem vindo a desenvolver em espaços religiosos, como no Mosteiro de Alcobaça em 2008 e na Igreja da Misericórdia de Silves em 2009. O fruto destas incursões está reunido num livro,  disponível na inauguração.

A exposição é de entrada gratuita e estará aberta ao público de 26 de Janeiro a 24 de Março, na Ermida Nossa Sr.ª da Conceição de Belém, de terça a sexta-feira, entre as 11h00 e as 17h00. Aos Sábados e Domingos entre as 14h00 e as 18h00, encerrando às segundas e feriados.

Por Clara Inácio

Deixar uma resposta