Faz Gosto Lx é a mais recente aposta gastronómica de Lisboa


No passado dia 11 de Novembro abriu um novo espaço de restauração no coração de Lisboa – o Faz Gosto Lx, na Rua Nova da Trindade, nº. 11, no antigo Convento da Trindade, onde a cozinha é portuguesa, tendo sido reinventada por Duval Pestana, natural de Olhão, economista de formação, chef de paixão.

O nome Faz Gosto tem uma razão de ser, na mercearia onde Duval Pestana ia com a mãe quando era pequeno, em Olhão, o merceeiro no fim das compras oferecia-lhe uma bolacha, um chocolate, um faz gosto…

O Faz Gosto nasceu em Olhão em 2005. Duma conversa de amigos, mudou-se para Castro Marim dois anos depois, donde passou para o centro histórico de Faro na Vila Adentro, surgindo agora em Lisboa…

O espaço recuperado é muito acolhedor e familiar, com uma iluminação suave. O aproveitamento dos azulejos do séc. XVIII e da lareira da fábrica de cofres da Trindade reforçam a identidade do local, preservando a sua individualidade.

A decoração esteve a cargo de Paulo Lobo, reputado decorador, com experiência nacional e internacional.

O restaurante vai funcionar das 19h00 até às 2h00, tem disponível 54 lugares e espaço de fumadores. O conceito é comer com gosto e tempo, onde a qualidade está aliada à quantidade. Parafraseando Duval Pestana, “a cozinha é uma coisa demasiado séria para brincar”.

Numa aposta declarada na comida portuguesa, mas com um toque de requinte, o menu inclui pratos como entrada de salmão com apontamentos de salsa, pimenta rosa e flor de sal; uma tomatada com pedacinhos de bacon; um fricassé de camarão; um tira-gosto de maçã; um carré de borrego, acompanhado de puré de castanhas; puré de cenoura e legumes salteados, e entre as várias sobremesas o destaque vai para uma tarte de maça acompanhada de gelado de limão.

A aposta numa carta de vinhos única e diferente, onde é dado a conhecer ao cliente vinhos não comerciais é outro dos elementos de diferenciação deste espaço. Por não serem conhecidos, a carta de vinhos tem uma frase chave para caracterizar cada vinho. Todos os dias haverá um vinho do dia. Existe também uma carta de vinhos comerciais, onde o cliente encontra as marcas de referência.

A carta de vinhos explica o porquê do preço do vinho e existe uma taxa de serviço igual para todos os tipos de vinho.

O enólogo responsável é o Professor Dr. Virgílio Loureiro que nos apresenta vinhos desconhecidos do público, como é o caso do Casas Altas, um vinho branco, de Pinhel, com viosinho e malvasia, produzido a 750m de altitude e do qual foram apenas produzidas 1200 garrafas; outro caso é o Piteira,o vinho de talha, produzido na Amareleja, segundo a tradição romana; outro exemplo é Quinta dos Termos – selec ção de 2007, num lote de 5000 garrafas e o Ceirós – reserva 2000, do Douro.

O Faz Gosto Lx tem também uma enorme variedade de cocktails clássicos e contemporâneos, numa parceria com o Cinco Lounge e David Palethorpe, que mistura bebidas espirituosas com fruta fresca.

Reportagem de Clara Inácio (Texto e Fotos)

Deixar uma resposta