Exposição “Olhares Tácteis” convida invisuais à descoberta através dos sentidos

No Museu do Regimento de Sapadores dos Bombeiros de Lisboa decorre a iniciativa “Sentidos Sem Barreiras”, que inclui a exposição internacional de fotografia Olhares Tácteis, de Alain Mikli, com imagens aéreas da terra, da autoria do fotógrafo Yann Arthus-Bertrand, numa co-organização da Câmara Municipal de Lisboa e do Oculista das Avenidas, em parceria com a ACAPO, a proposta da mostra consiste em “ver, ouvir, saborear, tactear, cheirar e sobretudo sentir sem qualquer barreira”.

A “Sentidos sem Barreiras” inclui 12 fotografias tácteis em relevo, a preto e branco, criadas a partir de placas de acetato de celulose, graças ao trabalho de Alain Mikli, um desenhador de óculos, que permitem aos deficientes visuais partilharem as suas impressões com a sua família e os seus amigos. As imagens tácteis são acompanhadas de uma breve explicação em braille.

Tendo por objectivo alertar para a questão dos acessos a pessoas de mobilidade reduzida, nomeadamente invisuais, o museu e o evento “Sentidos Sem Barreiras” pretendem proporcionar aos visitantes uma experiência sensorial integrada com as peças do museu, a música ambiente, a aromaterapia, uma prova gustativa e a exposição Olhares Tácteis.

Com entrada gratuita, a exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 12 h00 e das 14h00 às 17h00, e aos sábados das 15h00 às 19h00.

Texto de Cristina Alves

Deixar uma resposta