Um dia na Vindima da Adega Mayor

A Adega Mayor, pertencente ao Grupo Nabeiro, lança este ano três programas de enoturismo, intitulados Vindimas na Adega Mayor 2012, onde os visitantes poderão aprender os segredos da apanha da uva e da produção do vinho, numa experiência única  a ter lugar na propriedade de 65 ha, onde está instalada a fábrica da Delta Cafés, as vinhas e as oliveiras da marca Mayor, propriedade da família de Campo Maior.

A decorrer até 15 de setembro, estes programas incluem explicações técnicas sobre o corte dos cachos de uva e sobre as diferentes castas que compõem os vinhos da Adega Mayor, como a Arinto, Antão Vaz, Verdelho, Alicante Bouchet, assim como experiência de vindima, um piquenique no espelho de água e uma visita à Adega, ambos do Arquitecto Siza Vieira, e prova de vinhos.

O preço das visitas varia entre os 3,50 euros e os 10 euros com prova de vinhos. Com preços a partir dos 85 euros por pessoa, os visitantes têm ainda como opção a possibilidade de experimentar um voo em balão de ar quente, de fazer um passeio de BTT pela herdade e de apreciar um passeio de barco na Barragem do Caia.

Depois da visita à herdade e às instalações não deixe de passar pela loja da Adega e adquira um dos vários vinhos aqui produzidos, como o Pai Chão, o premiado Reserva do Comendador branco ou tinto, o encorpado Solista e para terminar, a mais recente novidade da gama – o doce e acarinhado Orionte, um licoroso que demorou vários anos a apurar e é lançado este ano, com uma garrafa especial e um nome inspirado nas constelações estrelares e pretende recuperar a tradição de produção de licorosos no Alentejo.

Texto de Isabel Baptista e Elsa Furtado
Fotos de Elsa Furtado

Deixar uma resposta