Europa-América lança “A Maldição do Anel II, O Sono do Dragão”

Na reentrée da Europa-América, a editora vai publicar o segundo volume de A Maldição do Anel, O Sono do Dragão, do escritor francês Édouard Brasey. Neste livro, que conta a história do “dragão mais perigoso e o mais assustador que a terra de Midgard conheceu”, não faltam anéis mágicos e espadas invencíveis, valquírias e dragões, gigantes e anões, deuses e heróis movidos por paixões ardentes.

Na linha de O Anel de Nibelungo, de Richard Wagner, de O Senhor dos Anéis, de J.R.R. Tolkien, e das ancestrais lendas e mitologias nórdicas, a editora garante que A Maldição do Anel é uma saga enriquecida pelo sopro épico e heróico, um romance cheio de aventuras e de paixões, mas também de poesia e de encantamento.

O dragão Fafnir é um guardião zeloso do tesouro e do anel mágico dos Nibelungos, outrora conquistado pelo sangue derramado e cuja maldição vai em breve desencadear o crepúsculo dos deuses. Descendente do deus supremo Odin, criado entre os lobos e posteriormente iniciado pelo gigante Regin na magia xamanista das metamorfoses e na língua dos animais, Siegfried vai ter de enfrentar este terrível guardião, antes de encontrar Brunilde, a valquíria adormecida no rochedo rodeado por chamas. Mas o anel maldito ainda vai contrariar muitos destinos…

Esta tetralogia é o resultado do trabalho feito pelo romncista Édouard Brasey, que é um eminente estudioso de contos e de lendas nórdicos, bem como dos mundos imaginários das fadas e de fantasia, aos quais ele dedicou mais de quarenta obras.

Texto de Cristina Alves

Deixar uma resposta