Estrelas de Cinema abrilhantaram salão do Casino na Gala de abertura do Estoril Film Festival

O Salão Preto e Prata do Casino do Estoril recebeu na passada sexta-feira, dia 5, a Gala de abertura da 4ª edição do Estoril Film Festival, que contou com inúmeras personalidades da sétima arte, nacional e internacional, como Lou Reed, Paulo Branco, Júlio Pomar, Julião Sarmento, Paulo Pires, José Afonso Pimentel, entre outras figuras conhecidas.

A gala de abertura, com a apresentação da Catarina Wallenstein, contou com a presença e discurso do Dr. António Capucho (Presidente da Câmara de Cascais) que não deixou de assinalar a importância deste festival para a região, pois a C.M. Cascais foi distinguida com o galardão da Sociedade Portuguesa de Autores como a câmara com melhor programação cultural; contou ainda com a presença e as palavras do Dr. Mário Assis Ferreira, Presidente do grupo Estoril Sol, que decidiu falar em português, depois de ter preparado o discurso em inglês, devido á presença multinacional na gala.

Por fim teve a palavra, o director e alma do Festival, Paulo Branco, que agradeceu o apoio e a parceria da C.M. Cascais e do Estoril Sol e a presença dos respectivos presidentes. Não deixando de acentuar a importância do festival no panorama local e nacional, como divulgador de cultura.

Nesta noite foram distinguidos Giya Kancheli, Alberto Garcia-Alix e o juíz espanhol Baltazar Garzón.

Os prémios atribuídos foram feitos á mão pelos alunos da Fundação Ricardo Espírito Santo Silva, em pau santo.

Os Prémios Oficiais são: Prémio Melhor Filme e Prémio Especial do Júri João Bénard da Costa. Existem também prémios associados a marcas que se quiseram associar ao Festival, é o caso do Prémio Montblanc Melhor Argumento, Prémio Meo, Prémio L’Oreal Paris – Jovem Talento.

O festival vai decorrer até 14 de Novembro, entre o Centro de Congressos do Estoril, o Casino do Estoril, a Casa das Histórias, o Museu dos Condes Castro Guimarães, a Casa de Stª. Maria, o Auditório da Boa Nova e da Casa Verdades Faria.

Em competiçãso vão estar os seguintes filmes: Aurora, Autobiografia Lui Nicolae Ceausescu, Copacabana, A Espada e a Rosa, Framtidens Melodi (Song of Tomorrow), Im Shstten (In the Shadows), Io Sono Tony Scott, Obratnoe Dvizhenie (Reverse Motion), Oca (Dad), Poursuite, Tilva Rosh, La Vida Sublime.


Este é um festival que vive do cinema, mas também de áreas tão diversas como a exposição de fotografias do consagrado músico Lou Reed, intitulada Romanticism, onde podemos apreciar imagens de magnificas paisagens, num jogo de sombras versus luz. Lou Reed surge ainda no papel de realizador, com um documentário Red Shirley.

Destaque tammbém para John Malkovich aparece também numa vertente diferente do habitual, surge como realizador de curtas-metragens e como estilista.

Texto e fotos de Clara Inácio
Fotos da Gala do Gabinete de Imprensa do Estoril Film Festival

Deixar uma resposta