Estratégia Urbana apresenta a segunda fase do projeto Arquitetura Portuguesa – Discrição é a Nova Visibilidade

Estratégia Urbana

A Estratégia Urbana-Laboratório de Inovação apresentou no passado dia 26, a segunda fase do projeto Arquitetura Portuguesa – Discrição é a Nova Visibilidade, uma iniciativa comissariada pelos arquitetos Nuno Sampaio, Luis Tavares Pereira, Miguel Judas e Fernando Serapião, no âmbito do Ano De Portugal no Brasil, com o Alto Patrocínio de Sua Ex.ª o Sr. Presidente da República e o apoio institucional da Ordem dos Arquitetos e da AICEP.  A apresentação contou com a presença dos arquitetos convidados Paulo Mendes da Rocha e João Luis Carilho da Graça.

A iniciativa pretende dar a conhecer a Arquitetura Portuguesa contemporânea, fazendo um encontro entre arquitetos brasileiros e portuguesa, propiciando a criação de parcerias entre profissionais dos dois lados do Atlântico. Fomentando também a internacionalização da arquitetura portuguesa e do sector da construção (arquitetura, engenharia, construtores e indústria da construção). Será um encontro entre profissionais brasileiros e portugueses, e destes com a sociedade brasileira, abrindo um amplo diálogo e reflexão conjunta sobre a cidade e o território. A iniciativa terá lugar em São Paulo de 24 de Junho a 28 de Julho, no Parque Urbano Ibirapuera, onde o pavilhão vai ter uma área de 400 metros quadrados. A maioria dos edifícios do Parque Urbano Ibirapuera foi desenhada pelo arquitecto brasileiro Oscar Niemyer.

A mostra envolve uma seleção de 100 dos mais prestigiados projetos representativos dos últimos 20 anos da arquitetura portuguesa, selecionados entre cerca de 400 candidaturas. Os critérios utilizados foram: a abrangência de programa, de autor, de geografia, capacidade de resposta a diferentes solicitações e contextos. Estão subjacentes quatro temas: encanto, harmonia com a paisagem; atlas, o modus operandi dos ateliers; préstimo; ajuste, capacidade de se adaptar aos contextos locais.

Vão estar presentes sete projetos de grande escala – Guimarães, Expo 98, Porto 2001 – Capital Europeia da Cultura; Iniciativas Polis; Metro do Porto; Bom Sucesso Architecture Resort e a Parque Escolar, S.A.

O Pavilhão Estratégia Urbana em São Paulo é um  projeto desenhado em conjunto pelos arquitetos portuguesas galardoados com o Pritzker, Álvaro Siza Vieira e Eduardo Souto Moura. A iniciativa conta com um ciclo de conversas com debates e apresentações coletivas de trabalhos que pretendem juntar arquitetos portugueses e brasileiros com a sociedade civil, parte da programação está ainda em aberto, solicitando a organização a participação da sociedade civil com projetos e ideias.

Segundo os comissários “Lançamos o desafio às entidades portuguesas deste sector para se associarem ao projeto desenvolvendo parcerias e promovendo ações e encontros no espaço por nós diponibilizado ajudando a divulgar o melhor do nosso país. Gostaríamos que essas ações fossem um encontro com o sector e com relação direta à sociedade brasileira,
proporcionando o conhecimento do sector e oportunidades futuras”.

Texto de Clara Inácio
 

Deixar uma resposta