Ema & Gui são os novos heróis infantis da RTP2

Feita a partir de linhas, agulhas e tecidos, a série de animação Ema & Gui é uma das novas séries do Zig Zag, espaço da RTP2 dedicado aos mais pequenos. A história trata do universo dos mais pequenos, sendo que Ema é uma menina pequenina e Gui o seu amigo imaginário.

Direccionada para miúdos dos quatro aos sete anos, a série conta as peripécias de Ema e do seu amigo imaginário, Gui. “A protagonista vive num mundo imaginário, enquanto partilha as suas aventuras com o amigo e o ajuda a resolver os seus problemas do dia-a-dia. Coisas completamente fantasiosas como arrumar as nuvens.

Ao longo da série, os personagens vão crescendo. Ema, que começa com cinco anos e acaba com sete, vai deixando de ser aquela criança introvertida e fechada no seu mundo imaginário, sem amigos na rua ou na escola. Depois, apesar de manter esse mundo fantástico, passa a partilhá-lo com outras crianças”.

A ideia começou a desenhar-se em 2003, mas foram precisos sete anos até o projecto estar concluído. Realizada por Nuno Beato, com argumento de Marisa Pott e ilustrações de Rosa Baptista, Ema & Gui é uma produção inédita em Portugal. Para já são 52 episódios, cada um com sete minutos de duração, de animação infantil, toda feita em tecido. Com um custo total de 740 mil euros, a série é a primeira criação da produtora portuguesa Sardinha em Lata e constitui uma novidade no sector, quer a nível nacional como internacional.

A propósito do orçamento reduzido, Nuno Beato garantiu, aquando da conferência de imprensa de apresentação da série que teve lugar na loja Vidal Tecidos em Campo de Ourique, que “se fosse feito em Espanha ou em França teria provavelmente mais um zero. No entanto, tentámos com este valor fazer uma série que passasse bem. Mas que não fosse apenas mais uma, sem identidade. É na parte gráfica que o cinema de animação português se costuma destacar”.

“Tínhamos de construir uma série que pudesse ser competitiva a nível internacional e, ao mesmo tempo, economicamente possível de fazer no nosso país. O tecido acabou por ser a melhor solução”, explicou o animador e realizador Nuno Beato, justificando ainda a opção com “ prazer de misturar técnicas e novos materiais”. Este projecto tem ainda a particularidade de ter integrado a selecção oficial do Festival de Annecy – o maior festival de animação do mundo.

Descrito como um trabalho de paciência e minúcia, o realizador explicou que “todas as peças foram cosidas à mão, uma a uma. Esse foi o grande investimento deste projecto. Mesmo a parte da animação, embora feita a computador, requereu muito detalhe e cuidado. Costumo dizer que há uma grande diferença entre animação – que exige ritmo, sentimento e personalidade – e bonecos a mexer”.

O projecto resulta de uma co-produção da Sardinha em Lata, com a RTP, a Stor Fisk, a Big Picture e a Televisió de Catalunya. E é por isso que além de ter estreado em Setembro no horário nobre do espaço infantil Zig Zag, a série também estreou dia 7 em Espanha, depois do interesse manifesrtado pela TV Catalunha, que acabou por ser co-produtora.

Ema & Gui será igualmente transmitida no Canal Panda e no canal de bordo da TAP, em datas ainda a definir. A produtora está também em contacto com vários países para uma distribuição internacional da série, que está já dobrada em inglês e espanhol e segundo adiantou o realizador, “pode vir a ser comercializada no Brasil, República Checa e Japão”.

Na RTP 2 não serão exibidos apenas os 52 episódios da história e estão ainda prometidos calendários de contagem decrescente de Natal, Fim de Ano e Reis, assim como separadores temáticos que irão marcar datas importantes como o Dia do Livro ou dos Oceanos.

Em torno da série está também a ser preparado um conjunto de actividades fora dos ecrãs, a desenvolver sobretudo em 2011. Entretanto, a Sardinha em Lata foi co-produtora de um espectáculo de marionetas em Montemor-o-Novo, feito a partir de dois episódios de Ema & Gui, que se realizou no passado dia 5 de Setembro. Na forja está também a edição, provavelmente ainda este ano, de uma colecção de livros Ema & Gui, sob a chancela da editora Babel, e de um DVD, a ser lançado no próximo ano em Portugal e Espanha. Para breve está também prometida a inauguração do site.

“O nosso objectivo é chegar mais perto das crianças e o facto de ser um projecto nacional facilita-nos o trabalho. Levar a Ema & Gui até às escolas é um sonho que pretendemos realizar em breve, havendo a possibilidade de levar os autores até junto dos alunos, ou então um animador para lhes ensinar como animar os heróis desta série, utilizando para isso o software adwquado”, revelou ainda Nuno Beato.

Texto de Cristina Alves
Fotos de Cristina Alves

Deixar uma resposta