“Divers in the Rain” eleito como a melhor curta da Monstra 2010

A curta Divers in the Rain, dos estonianos Pritt e Olga Pärn arrecadou o prémio de Melhor Curta (Grande Prémio RTP 2) e de Melhor Banda Sonora da Monstra 2010, que também deu a Cândido de Zepe, o prémio de Melhor Curta portuguesa.

O Festival de Animação de Lisboa, Monstra 2010, que terminou no sábado, também distinguiu Der Da Vinci Code de Gil Alkabetz com o Prémio Especial do Júri, Passeio de Domingo de José Miguel Ribeiro com o prémio do público, A Grande Tarefa do Senhor Poulet (Melhor Filme de Estudante Português), e Never Drive a Car When You’re Dead (Melhor Filme de Estudante).

A Melhor Série foi Log Jam de Alexey Alexeev, o Melhor Filme para Infância e Juventude foi para Les Escargots de Joseph de Sophie Roze, e o Prémio do Público – Estudantes foi para Semáforo, de Adrian Flückiger.

As Menções Honrosas distinguiram Dialogos de Ülo Pikkov, Orgesticulanismus de Mathieu Labaye, Amourette de Maja Gehrig, Please Say Something de David O’Reilly e Le Petit Dragon de Bruno Collet.

As Menções Especiais foram para Lebensader de Angela Steffen e Train of Thought de Leo Bridle & Ben Thomas.

Na comemoração dos seus 10 anos, a MONSTRA dedicou esta edição ao Cinema de animação português.

Por Catarina Delduque

Deixar uma resposta