Dia Mundial da Poesia

A 21 de Março celebra-se o Dia Mundial da Poesia, para assinalar a data são várias as iniciativas que decorrem um pouco por toda a parte, o Canela & Hortelã deixa aqui duas sugestões e destaca uma das mais recentes novidades editoriais na área da poesia.366-poemas-livro

A nossa escolha bibliográfica recaiu na antologia 366 Poemas Que Falam de Amor, escolhidos por Vasco Graça Moura e editada pela Quetzal Editores em Fevereiro de 2009.

A obra inclui poemas de David Mourão Ferreira, Cesário Verde, D. Dinis, Guerra Junqueiro, Antero de Quental, Fernando Pessoa, José Régio, Garcia Lorca, William Shakespeare, António Gedeão, Camões, Bocage, Vinicius de Morais, entre tantos outros nomes que marcaram a Poesia.

Aqui fica um excerto, da autoria do mais cientista dos nossos poetas, António Gedeão.

Os amantes liquefeitos

Para quem não tem pena que o afague
é bom saber que o jovem par de amantes
marcou encontro num jardim de Copenhaga.
Na manhã fria como o aço cromado
Uma névoa leitosa amassa o esqueleto das árvores
num hálito empastado.
Esquálidos, advinham-se os ramos na bruma dissolvente,
secos e descarnados como tíbias desenterradas.
Ao longo das hastes, os dentos polidos do gelo pendente
como presas de cães atentas e aceradas.
……

A primeira  proposta é da Bertrand Livreiros, que inicia hoje uma semana dedicada à Poesia, com preços especiais em algumas obras do género e a oferta de um exemplar do livro Hotel Spleen, de Bernardo Pinto de Almeida, na compra de um livro de poesia. No dia 21 a campanha é de 10% de desconto em livros de poesia, em todas as livrarias do grupo.

Dos títulos incluidos na promoção incluem-se nomes como Doze Naus da Dom Quixote, de Manuel Alegre, os dois volumes de Este Livros Que Vos Deixo, da Casa das Letras, de António Aleixo e Poemas da Relógio D’Água, de Mário Sá Carneiro, no campo nacional. Entre os autores internacionais, o destaque vai para Poesias Completas da Assírio & Alvim, de Alexandra O’neill, Sete Livros Iluminados da Antígona, de William Blake e As Flores do Mal, de Charles Baudelaire, da Relógio D’Água.

ccb-poesia

A segunda proposta é do Centro Cultural de Belém, em Lisboa, que assinala o Dia Mundial da Poesia com o mote, “Se um Poema por dia dá saúde e alegria… então o que fará um dia da Poesia?”.

As celebrações no CCB começam às 11h00 e duram até às 19h00. As actividades vão decorrer no piso térreo e no 1º piso do Centro de Reuniões e têm entrada gratuita.

Estão previstas inúmeras actividades, como leituras de poesia, conferências, conversas,  lançamentos de livros, instalações plásticas, concertos e oficinas, nas quais está prevista a participação de inúmeras figuras conhecidas, poetas, escritores, actores, jornalistas entre outros.

1 Comentário

Deixar uma resposta