Dia Internacional dos Museus celebra-se a 18 de Maio

No Dia Internacional dos Museus este ano sob o mote “Museus no Mundo em Mudança: Novos Desafios, Novas Inspirações”, são vários os espaços museológicos que apresentam uma programação especial, de norte a sul do país e ilhas. O C&H deixa-lhe aqui algumas sugestões a descobrir.

Em Lisboa, o Castelo de S. Jorge propõe um passeio pela história da capital, com início às 18h00, com uma visita de fim-de-tarde gratuita, mediante inscrição prévia e com a duração de 1h30. A visita é de exploração do Castelejo e do núcleo arqueológico, de descoberta dos espaços, dos personagens e das histórias.

Às 23h00 é a projecção multimédia do filme Lisboa Quem És Tu?, em vídeo mapping, que durante 35 minutos, revela a alma de Lisboa, numa viagem pelos lugares de hoje e as histórias do passado, ao som de música portuguesa desde Buraka Som Sistema, Carlos Paredes, Madredeus, Cool Hipnoise, Danças Ocultas, Dead Combo, Luís Freitas Branco e Amália Rodrigues que canta um poema de Alexandre O’Neill. Também é gratuito mediante inscrição prévia.

O Museu dos Coches propõe um Passeio Real em Belém, do Museu dos Coches ao Mosteiro dos Jerónimos e regresso em charaban, vis-à-vis e milord. O passeio realiza-se de manhã, das 10h00 às 12h30 e da parte da tarde, das 14h00 às 17h30. Em família também pode realizar uma Viagem no Tempo, com o apoio de um guião de visita. Ambas as actividades são gratuitas, só requerem inscrição prévia.

O Museu Colecção Berardo assinala a efeméride com uma programação especial  aos domingos durante o mês de Maio e com entrada gratuitas nos workshops Animais, submarinos, cestos, casas e mais algumas coisas!, no dia 19 de maio, e Museu de Estórias Inventadas!, no dia 20 de maio. Ambas as atividades utilizam o software Art Academy, disponívelem Nintendo DSe Nintendo 3DS (em 2D), têm como objetivo ensinar a desenhar e pintar de forma simples e intuitiva.

Nos domingos, 13 e 27 de maio, os visitantes serão desafiados a participar na atividade Recomposições com o nosso corpo. Tendo como pano de fundo a sala chamada Corpo Revolucionado. Os workshops realizam-se das 15h30 às 17h30 e destinam-se a crianças entre os 7 e os 12 anos. Para marcações e mais informações contacte o Centro Educativo do Museu Colecção Berardo.

O Museu do Oriente alia-se às comemorações com uma dupla iniciativa: entrada gratuita para todas as exposições até às 22h00, e organização de visitas-jogo para crianças, também gratuitas. As visitas-jogo são diversas, Do Leque ao Ar Condicionado; Do Ábaco à máquina de Calcular; Da Caligrafia ao computador; Do Cavalo ao automóvel; Do fio de seda à roupa; para crianças dos 3 aos 6 anos e Como se constrói um museu? para crianças dos 7 aos 16 anos. Necessária marcação até 11 de Maio.

A programação dos Museus Municipais de Lisboa decorre de 12 e 20 de Maio, com entrada livre em todas as actividades dos Museus, estendendo-se ao Museu da Cidade, ao Museu Antoniano, Museu Teatro Romano e ao Museu Bordalo Pinheiro.

O Museu Bordalo Pinheiro, em Lisboa oferece um conjunto de actividades, de exposições, ateliers, oficinas, show cooking Restaurante Clara Chiado, concerto pela Orquestra Geração a visitas guiadas.

O Museu Nacional do Traje & Parque Botânico do Monteiro-Mor, no Lumiar, inspirou-se no mundo actual e nas novas tecnologias e oferecem uma programação inovadora, com a implementação de QR Code em legendas das peças em exposição, projecções, jogos, ateliers, visitas à exposição temporária Pele sobre Pele e à exposição permanente Trajes do século XIX e XX e visitas temáticas no Parque Botânico do Monteiro-Mor. A entrada é gratuita no dia 18 (sexta) e no dia 20 (domingo) até às 14h00. Algumas das actividades requerem inscrição prévia na Loja do Museu.

 

 

O Pavilhão Preto Museu da Cidade em Lisboa inaugura neste dia 18 a exposição Woundscapes, com 8 trabalhos, fruto ou objeto de investigações antropológicas, distribuídos por 5 secções, Naked body, bare life /Corpos despidos, vida nua; Healing Market; Umbanda and Candomblé; Refugees /Refugiados e Creativity Happens at the  Margins /Criatividade nas Margens. Esta mostra apresenta-nos o sofrimento ligado ao percurso migratório e à marginalidade social, bem como os itinerários terapêuticos e as formas criativas de expressão que imigrantes e refugiados encontraram para curar e narrar as suas feridas – físicas e simbólicas. Esta iniciativa é promovida pelo Centro em Rede de Investigação em Antropologia (CRIA). A exposição vai estar patente até ao próximo dia 8 de Julho.

O Museu da Pólvora Negra organiza ateliês temáticos,  Memórias de outros tempos (dia 17 , das 10h00 às 14h00), Novos Ventos Novos Pensamentos (dia 18), Recribrincar(dia 19, às 14h30) e uma peça de teatro de sombras,  (Do Museu) Até à Índia (dia 20 de Maio, às 15h00) indicado para famílias com crianças dos 6 aos 12. O público embarca num navio e acompanha a tripulação numa viagem cheia de aventura, mistérios e muitas peripécias. O destino é a Índia do século XVI onde se fica a conhecer a grande importância da pólvora nesta época.

O Museu Dr. Joaquim Manso, na Nazaré inaugura a exposição Praia da Nazareth. Panorama dos anos 1920 com apresentação de trabalhos de Educação Tecnológica do Externato D. Fuas Roupinho, no âmbito de um projeto de pesquisa de memórias arquitetónicas, industriais e sócio-económicas da Nazaré. Os alunos irão realizar leituras sobre o património nazareno.

O Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal assinala este dia com os Ateliês Gravando Memórias, Do Museu ao Rio e Adornos do passado e do futuro; o visionamento do filme A Gruta dos Sonhos Perdidos de Werner Herzog, com as Visitas guiadas Arqueologia; Etnografia; Não Quero Ir onde Não Há Luz. Gravura de Ilda Reis e Dias Felizes. Instalação, fotografia e vídeo de Rosa Nunes; inaugura a exposição Beyond the Grave, com Fotografia, instalação e vídeo de Rosa Nunes, na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa, pelas 18h00. No dia seguinte, 19 de Maio, pelas 17h00 promove a Conferência sobre os novos achados romanos de Setúbal, apresentação da Revista Portugal Romano.com número 2 /Maio 2012, Visita ao Museu e Visita à casa dos mosaicos.

A Fundação Mata do Buçaco assinala o Dia Internacional dos Museus com um passeio ao Trilho Militar, que culmina com uma visita ao Museu Militar. Os interessados em participar na atividade devem proceder à inscrição prévia através do site.

 
 
Por Clara Inácio
Fotografia de Sara Peralta

Deixar uma resposta