Dia Internacional da Cerveja assinalado no Museu da Cerveja em Lisboa

Reportagem de Joana Resende

 

museu_cerveja (11) O Dia Internacional da Cerveja, assinalado a 2 de agosto,  foi celebrado ontem com muita animação no Museu da Cerveja, no Terreiro do Paço em Lisboa, e contou com o apoio da rádio RFM, que esteve em direto com o programa Rocha no Ar, a partir  da esplanada do Museu, que se encontrava repleta e com um concerto ao vivo de Miguel Ângelo e da sua banda.

Outro dos pontos importantes da festa, foi a visita gratuita e fora de horas Museu, localizado no coração da Baixa de Lisboa, e que tem como objetivo divulgar e promover a cerveja dos países de língua oficial portuguesa, assim como a sua cultura e gastronomia.

Ao visitar-se o núcleo museológico situado no primeiro piso do Museu, fica-se a conhecer as raízes históricas desta bebida, a sua evolução ao longo dos tempos, a história do seu consumo, o seu ciclo de produção desde a matéria-prima ao produto final, e que hoje em dia atrai e satisfaz tantas pessoas.

O visitante tem acesso a várias áreas dentro do Museu, nomeadamente “Dos Primórdios ao Início da Produção Industrial (Século I a. C. até ao Século XIX)”, “A História dos Produtores Nacionais (Século XIX até à actualidade)” e “A Cerveja nos Países de Língua Oficial Portuguesa (Angola, Brasil, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau)”. Por último, somos surpreendidos por um espaço a meia-luz que reproduz uma Adega Monástica, ou seja, o espaço de uma cervejeira monástica há quinhentos anos atrás, em que a cerveja era feita com a ajuda imprescindível da força dos braços dos monges e frades, num ambiente silencioso e lento.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O piso térreo do Museu da Cerveja é composto por um espaço que recria o ambiente das antigas cervejarias, e onde é possível apreciar várias variedades desta bebida feita à base de cevada, os “bifes lisboetas”, assim como marisco e petiscos portugueses.

De regresso à realidade, na esplanada com vista para o Rio Tejo, a animação era muita, o divertimento também e a cerveja mais uma vez esteve presente nas mesas animadas dos fãs da RFM, da Carla Rocha, Do Miguel Ângelo e desta bebida fresca da eleição de muitos, especialmente nos dias r noites quentes de verão!

O Núcleo Museológico está aberto entre as 12h00 e as 20h00, e o horário da Cervejaria é das 9h00 às 2h00.

 

Deixar uma resposta