Delfins -o Adeus a Lisboa com sala cheia

delfins_8721Depois de completarem as bodas de prata, os Delfins resolveram retirar-se dos palcos e dar aos seus fãs e seguidores da últimas décadas, um concerto memorável, no qual relembram 25 dos seus temas mais emblemático.

A despedida foi dividida em dois momentos distintos, um em Lisboa e outro no Porto. A festa de Lisboa teve lugar no passado sábado dia 10 de Outubro, no Coliseu de Lisboa, uma sala que a banda de Cascais tão bem conhece, e em que os aguardava uma plateia completamente cheia, que recebeu os músicos entusiaticamente, entre aplausos e gritos.

delfins_8600

A abrir as hostes, a banda composta por Miguel Ângelo, Mário Andrade (que substituiu Fernando Cunha, um dos fundadores da banda), Jorge Quadros, Luís Sampaio e Rui Fadiga,  escolheu a “Bandeira”, seguida de “Um Só Céu”, e temas como “Canção de Engate”, “Marcha Dos Desalinhados”, “A Queda De Um Anjo”, um dos momentos altos da noite, partilhado com Dora Fidalgo descida das alturas do Coliseu, “Ao Passar Um Navio” e o hino “Solta Os Prisioneiros”, sempre acompanhados pelo público, que fazia coro e batia palmas.

delfins_8911

Desfilaram ainda “Sou Como Um Rio”, “A Cor Azul”, “Saber Amar”, “Um Lugar Ao Sol”, “Nasce Selvagem” e a fechar, “Baía de Cascais”, uma das músicas mais emblemáticas da banda, que o público fez questão de acompanhar na letra, e na música com palmas e muitos gritos.

delfins_8719

No final, foi uma multidão muito satisfeita com o concerto, que deixou a sala da Rua das Portas de Santo Antão, deixando no ar uma onda de nostalgia, não fosse esta uma noite de despedida.

A segunda parte da festa está marcada para dia 14 de Novembro, no Coliseu do Porto,para o último concerto: “DELFINS – 25 Anos, 25 Êxitos e 1 Abraço”.

delfins_8591

Fotos de Sara Santos

Deixar uma resposta