Debaixo de Fogo – um livro de Paulo Camacho sob a chancela da Oficina do Livro

(…) foi o jornalismo um meio para atingir um fim. Lembro-me de que a única coisa que ambicionava era não estar sempre no mesmo lugar.

Foi numa reunião de família, amigos e colegas, de sorrisos cúmplices e repleta de abraços sentidos que Paulo Camacho e a Oficina do Livro fizeram o lançamento do livro Debaixo de Fogo.Esta apresentação contou ainda com a presença do editor do livro, Francisco Camacho (irmão do autor) e de Francisco Pinto Balsemão.

Francisco Camacho, irmão mais novo do autor e seu editor, fez uma apresentação sentida e emocionada. Admitiu, entre gargalhadas, ter conseguido inverter os papéis com a edição deste livro, sentindo-se o irmão mais velho. Mas foi nas memórias de irmão mais novo que foi feita uma apresentação mais sentida do jornalista e agora autor. Admitiu olhar durante muitos anos para o irmão como se fosse um herói e ter sido o principal motivador para que o irmão perpetuasse as suas memórias em forma de livro. Deu a conhecer o lado humano do autor, uma faceta que, em prol da sua profissão teve que esconder “A minha defesa sempre foi não individualizar a singularidade de cada purgatório, cingindo-me às multidões, a rostos sem nome.” admite Paulo Camacho no seu livro.

Francisco Pinto Balsemão complementou a apresentação dando a conhecer o lado profissional de Paulo Camacho, “O Paulo nunca se acomoda, nunca fica tranquilo, havendo sempre algo que o faz agir e não ficar acomodado”, admitiu que nunca tentou “assossegar o desassossego” do jornalista.

Ao ler este livro o leitor fica a conhecer a história, que é também a nossa, e as histórias por detrás da história. É confrontado com histórias de fome e miséria, mas também com a coragem e a entreajuda entre jornalistas, com o bom humor do autor e com as situações em que sentiu que a sua vida correu perigo. Mesmo sabendo o verdadeiro desenrolar destas histórias que lhe são relatadas na primeira pessoa é impossível ao leitor não ser surpreendido a cada página e “ler a correr” estas histórias para ver como terminam.

Ler Debaixo de Fogo é um livro que nos leva não só às histórias que estão debaixo de fogo mas que levam o leitor, também, aos bastidores das notícias, da logística, da espera. É ler a história da nossa história.

Debaixo de Fogo, de Paulo Camacho, Oficina do Livro, com 269 páginas, à venda por 14,90 euros.

Por Sandra Dias

Deixar uma resposta