Culturgest, em Lisboa, apresenta exposições de Rui Toscano e Retrato de Michel Auder em simultâneo

Michel AuderA Culturgest,  Edifício da Caixa Geral de Depósitos em Lisboa, inaugura duas novas exposições nas Galerias: Rui Toscano: Esculturas Sonoras 1994-2013 e Retrato de Michel Auder.

Rui Toscano produziu uma escultura sonora em 1994, “Bricks are Heavy”, que se viria a revelar determinante no desenvolvimento da sua prática artística nos anos seguintes; ele utiliza o radiogravador simultaneamente como elemento escultórico e como sistema de amplificação sonora. Nesta exposição, de destacar duas novas esculturas sonoras, uma delas projetada há dez anos mas que só agora foi possível concretizar: “No Saying Yes”, de 2002-2013, e “Square Fall”, de 2013.

A exposição do francês Michel Auder reflete-se em várias obras videográficas, muitas vezes biográficas, auto-biográficas e outras de ficção. De destacar, os vídeos feitos na década de 1980 a partir da filmagem de imagens televisivas, bem como os vídeos baseados na livre associação de imagens, que põem em jogo modos de pensamento visual próximos da poesia. O visitante poderá também encontrar um extenso programa de sessões no auditório que abarca as outras vertentes do seu trabalho em vídeo.

Retrato de Michel Auder é parte de uma colaboração com a Kunsthalle Basel, que em junho de 2013 apresentará uma outra exposição do artista.

Ambas as exposições estarão patentes nas Galerias 1 e 2 da Culturgest em Lisboa até ao dia 19 de maio. O preço do bilhete é de 2 euros e ao domingo a entrada é gratuita. Existem visitas guiadas para as duas exposições.

Texto de Joana Resende

 

Deixar uma resposta