Culturgest celebra vigésimo aniversário com programação especial

cgdÉ já em outubro que a Culturgest assinala vinte anos de existência. E como não podia deixar de ser, irá assinalar a data com uma agenda bem recheada.

Da celebração faz parte, a 12 de outubro, um concerto da Orquestra Metropolitana de Lisboa, dirigida pelo maestro Cesário Costa. A acompanhar o coletivo estarão o pianista Pedro Burmester e o Coro da Gulbenkian. Mas a festa arranca antes, no fim de semana de 5,6 e 7 com uma série de espetáculos de dança e teatro. Mais pra menos que pra mais, da coreógrafa Vera Mantero e Purgatório, de Ana Borralho e João Galante são duas das propostas. Aos dois espetáculos junta-se Mundo Perfeito, peça escrita a quatro mãos por Jacinto Lucas Pires e Tiago Rodrigues.

Já de 12 de outubro a 12 de janeiro espera o público uma grande exposição/visita guiada das obras da Coleção Caixa Geral de Depósitos que, iniciada em 1983, conta com hoje com mais de 1700 peças de artistas portugueses, africanos e brasileiros.

A antecipar o aniversário, a Culturgest faz a sua rentrée a 6 e 7 de setembro com os anglo-alemães Gob Squad, que desta vez trazem a Portugal A Cozinha de Gob (Nunca Foi Tão Bom). De volta estão também as coreógrafas Maria Pagès, com Utopia, a 21 de setembro; e Matilde Monnier, que a 18 e 19 de outubro apresenta Twin Paradox.

Mas o grande destaque em termos de dança vai mesmo para Pas de deux, espetáculo em que o alemão Raimund Hoghe contracena com o japonês Takashi Ueno, numa coprodução com o São Luiz Teatro Municipal, o Goethe Institut e o Festival Materiais Diversos. A performance está marcada para 27 e 28 de setembro.

O cartaz musical é marcado pela continuação do ciclo Isto é Jazz?. David Maranha e Will Guthrie mostram o que valem a 12 de setembro e a 9 de outubro chega a vez de Susana Santos e Torbjorn Zetterberg. Ainda a 17 de setembro sobem ao palco, para um concerto a três, Mário Laginha, o guitarrista Miguel Amaral e o contrabaixista Bernardo Moreira.

Texto de Alexandra Gil
Foto arquivo C&H

Deixar uma resposta